Web Statistics
Condenados por lavagem de dinheiro, Ana da 8 e o marido pegam 5 anos de prisão | Gazeta de Rondônia
quinta-feira ,23 novembro 2017
Página Inicial / Últimas / Condenados por lavagem de dinheiro, Ana da 8 e o marido pegam 5 anos de prisão

Condenados por lavagem de dinheiro, Ana da 8 e o marido pegam 5 anos de prisão

Porto Velho, RO – O juízo da 1ª Vara Criminal de Porto Velho condenou a ex-deputada Ana Lúcia Dermani (a Ana da 8) e o marido dela, Ana da 8, Mario César Cabral pelo crime de lavagem de dinheiro, processo resultante da Operação Termópilas, que apurou desvio de dinheiro pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa, Valter Araújo, a vários deputados, em troca de voto na eleição de presidente da mesa diretora da casa e apoio político incondicional até o término do mandato.

A denúncia feita pelo Ministério Público demonstra vários repasses com origem duvidosa depositados na conta do marido da deputada, além de flagrante de dinheiro em espécie apreendido com o mesmo durante a operação.

Os valores movimentados nas contas do casal também não seriam compatíveis com os ganhos. Além disso, eles teriam adquirido bens (apartamentos em Caldas Novas) para driblar a origem criminosa dos recursos.

A cada um dos réus, pelo cometimento do crime de desvio de dinheiro do estado, somado a motivação do crime, culpabilidade, condutas, personalidades, consequências do delito e aos cargos de agentes que lesionaram o erário, foi aplicada a pena de 5 anos 4 meses de reclusão (prisão) a ser cumprida em regime semiaberto. Os réus também perderam os direitos de exercer qualquer cargo ou função pública por 10 anos e 8 meses.

De acordo com a sentença do juiz Francisco Borges, titular da 1ª Vara Criminal da capital, o dinheiro desviado causou prejuízo ao estado e à sociedade, uma vez que tal verba poderia ter sido aplicada em prol de uma parte sofrida da população do Estado de Rondônia, porém os acusados ignoraram as leis, assim como seus deveres de agentes públicos. Eles se utilizaram dos cargos em benefícios próprios e prejudicaram o desenvolvimento da Administração Pública com a perda de dinheiro.

O processo n. 0002819-48.2015.8.22.0501, foi julgado dia 25/08/2017.

Assessoria de Comunicação Institucional

Autor / Fonte: TJ/RO

 

REPÓRTER CIDADÃO

REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonia.com.br ou pelo Whatsapp da redação: (69) 98402 – 1636.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

 

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e whatsapp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Apenas Confúcio e mais 6 governadores estão denunciados criminalmente no país

LISTA NEGRA O Nexo Jornal fez um levantamento que mostra que 7 dos 27 governadores …

2 Comentários »

  1. Josélia Fernandes

    ACHEI FOI POUCO….

  2. Poderia ter sido bem outra a história desta senhora, muitos são os que comentam que apesar de tudo ela fazia um grande trabalho social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *