segunda-feira ,28 setembro 2020
Página Inicial / Brasil / Governo Federal garante recursos para expansão do metrô de Brasília

Governo Federal garante recursos para expansão do metrô de Brasília

Painel Político – Notícias no Whatsapp sobre política, economia, artigos, jurídico, cultura e viagens.

Os governos federal e do Distrito Federal assinaram hoje (22) autorização para licitar etapas de expansão e modernização do metrô de Brasília, em cerimônia no Palácio do Planalto com a participação do presidente Michel Temer e do governador do DF, Rodrigo Rollemberg.

Serão licitações para a expansão do metrô em Samambaia, para a modernização das linhas em funcionamento e para a construção do viaduto da EPIG (Estrada Parque Indústrias Gráficas).

Rollemberg detalhou que serão R$ 285 milhões para expansão e modernização do metrô e R$ 20 milhões para a construção do viaduto. A esses valores será somada a contrapartida do governo do Distrito Federal. A previsão divulgada pelo Ministério das Cidades é de que o recurso para a obra totalize R$ 333 milhões.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, explicou que com a assinatura da autorização ocorrida hoje, o governo federal está assegurando os recursos necessários para que o governo do DF possa realizar a licitação.

A expectativa, de acordo com Rollemberg, é que as obras possam ser iniciadas no final deste ano ou início de 2019. “Com essa autorização, vamos fazer a licitação que deve ser lançada no segundo semestre deste ano para que no fim deste ano, ou início do ano que vem, as obras de modernização e ampliação do metro possam ser iniciadas”, disse. Ele acrescentou que, no caso do viaduto, a licitação poderá ser lançada no prazo de 60 dias.

O presidente Michel Temer lembrou que a expansão do metrô é uma demanda antiga da população do Distrito Federal. “A mobilidade urbana é um dos grandes desafios do nosso tempo. O metrô é o meio de transporte mais rápido, mais veloz e o que mais antede à população, portanto, o metrô é decisivo para o desenvolvimento da capital”, disse ao discursar não cerimônia.

A etapa de modernização da Linha 1 compreenderá a ampliação da capacidade dos sistemas instalados por meio de modernização tecnológica. A expansão do trecho de Samambaia contemplará a extensão de 3.680 m, duas estações, ciclovia, viadutos rodoviários, bem como passagens para pedestres, paraciclos e estacionamento na superfície.

A obra do viaduto da compreende a implantação de corredor exclusivo de ônibus no eixo oeste com a construção do viaduto de intersecção da EPIG com o Setor Sudoeste e Parque da Cidade.

Governo Federal garante recursos para expansão do metrô de Brasília



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Governo Federal garante recursos para expansão do metrô de Brasília
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *