Web Statistics
Mais de 60 milhões de brasileiros foram alvo de cibercrimes em 2017 | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Mais de 60 milhões de brasileiros foram alvo de cibercrimes em 2017

Mais de 60 milhões de brasileiros foram alvo de cibercrimes em 2017

Painel Político – Notícias no Whatsapp sobre política, economia, artigos, jurídico, cultura e viagens.

Mais de 30 sites de filmes e séries piratas são derrubados pela PF

Um relatório da empresa de segurança digital Symantec apontou que cerca de 62 milhões de brasileiros foram alvo de algum tipo de ciberataque em 2017. O número representa mais de 60% da população conectada do país. Os ataques no Brasil geraram um prejuízo estimado de R$ 69 bilhões (US$ 22 bilhões) no ano passado, número menor apenas que as perdas na China, de R$ 208 bilhões (US$ 66,2 bilhões), com uma população conectada de mais de 750 milhões de pessoas.

Entre os ataques, o que mais se destaca são as infecções por vírus ou malware em algum dispositivo possuído pela vítima, seguido de uma conta que foi comprometida por roubos de senhas e fraudes financeiras.

Essa é mais uma mostra de como os cibercriminosos brasileiros estão se profissionalizando.

O relatório, intitulado Norton Cyber Security Insights Report 2017, também identificou hábitos que comprometem a segurança da vida online dos brasileiros: 59% dos entrevistados pela empresa afirmaram que compartilham senhas, enquanto 34% as escreve em pedaços de papel e 24% usam a mesma senha em todas as contas online. Outros 19% não contam com qualquer proteção contra vírus e malware em seus dispositivos.

No mundo

Os números globais não são muito melhores. Dos 20 países analisados pela empresa, com três bilhões de habitantes, 44% das pessoas foi afetada pelo cibercrime de alguma forma, com um prejuízo estimado de R$ 538 bilhões (US$ 172 bilhões).

A empresa também apontou que existem problemas na forma como as pessoas encaram a importância de seus dados online. Cerca de 22% dos entrevistados ainda acham que ter suas identidades digitais roubadas não é tão grave quanto seus dados na “vida real”.

Mais de 60 milhões de brasileiros foram alvo de cibercrimes em 2017



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Mais de 60 milhões de brasileiros foram alvo de cibercrimes em 2017
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *