Web Statistics
Exército de Libertação Nacional reivindica autoria de atentado na Colômbia | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Exército de Libertação Nacional reivindica autoria de atentado na Colômbia

Exército de Libertação Nacional reivindica autoria de atentado na Colômbia

Painel Político – Notícias no Whatsapp sobre política, economia, artigos, jurídico, cultura e viagens.

A Frente de Guerra Urbana do Exército de Libertação Nacional (ELN) reivindicou nesse domingo (28) a autoria do atentado com explosivos contra uma delegacia da cidade colombiana de Barranquilla, que deixou cinco policiais mortos e 41 feridos. A informação é da Agência EFE.

“O ELN, em exercício legítimo do direito à rebelião, realizou a seguinte ação militar – foram atacadas forças policiais da estação San José, ao sul de Barranquilla”, detalhou o grupo em comunicado cuja autenticidade não pôde ser comprovada.

O grupo acrescentou que cometeu o atentado, que gerou rejeição e grande comoção no país, porque considera que o governo “se recusa a dar respostas às necessidades da população, inventa desculpas para não garantir seus direitos e usa a polícia para reprimir o povo”.

“Como ELN, persistimos com a mesma determinação na solução política ao conflito social e armado que vive o povo colombiano, em um diálogo de paz que atenda às vozes dos mais necessitados e excluídos”, diz ainda a mensagem.

O governo e o ELN iniciaram no ano passado diálogos de paz em Quito, mas as conversações estão suspensas desde o dia 10 de janeiro por causa de uma onda terrorista dessa guerrilha, após o fim de um cessar-fogo bilateral que vigorou durante 100 dias.

Pelo atentado em Barranquilla foi detido um homem de 31 anos, identificados como Cristian Camilo Bellón Galindo, oriundo de Bogotá, apontado pelas autoridades como autor do ataque.

Segundo declarou ontem o procurador-geral da Colômbia, Néstor Humberto Martínez, Galindo responderá por cinco homicídios agravados e 42 tentativas de assassinato, terrorismo agravado e uso de explosivos.

Mais dois atentados foram registrados no norte da Colômbia.

O primeiro ocorreu no município de Soledad, na região metropolitana de Barranquilla, quando desconhecidos atacaram com explosivos um Comando de Ação Imediata (CAI) e deixaram quatro policiais e um morador de rua feridos.

O outro foi cometido contra o posto de polícia da corregedoria de Buenavista, no município de Santa Rosa, departamento de Bolívar, e nele dois policiais morreram e mais dois ficaram feridos.

Da Agência EFE

Exército de Libertação Nacional reivindica autoria de atentado na Colômbia



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Exército de Libertação Nacional reivindica autoria de atentado na Colômbia
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *