Web Statistics
Alckmin diz que eleição dá legitimidade para aprovar reformas | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Alckmin diz que eleição dá legitimidade para aprovar reformas

Alckmin diz que eleição dá legitimidade para aprovar reformas

Painel Político – A informação chega primeiro aqui

Pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo PSDB, Geraldo Alckmin afirmou que há dificuldades na aprovação de reformas estruturantes no último ano de um governo e que as eleições podem dar a “legitimidade” para a realização dessas mudanças por um presidente da República.

Em evento com empresários da construção civil, o governador paulista afirmou que grandes reformas, como a da Previdência, devem ser feitas “no primeiro ano de governo”.

“Não é fácil fazer isso [reformas] no último ano de governo. As grandes reformas constitucionais, você tem que fazer no primeiro ano, porque quem for eleito vai ter quase 70 milhões de votos. A legitimidade disso é impressionante. Quem for eleito tem que aproveitar os primeiros seis meses para fazer todas as reformas para poder deslanchar”, afirmou, nesta quarta-feira (8), em Brasília.

Alckmin apontou que, no início de um governo, deputados e senadores sofrem menos pressão para aprovar medidas consideradas impopulares. “No começo, quem ganhou a eleição já ganhou e quem perdeu já perdeu. A coisa fica menos eleitoral, mais focada nas questões de mérito”, declarou.

REFORMAS

O discurso de Alckmin enfatiza um dos entraves para o avanço da reforma da Previdência apresentada pelo governo Michel Temer. O tucano defendeu a aprovação da proposta, que deve ser votada no dia 20, mas apontou fragilidades.

“Precisamos de todo o empenho na aprovação da reforma da Previdência em fevereiro. Mesmo que não seja ideal, ela é importante e necessária”, disse.

Alckmin afirmou que o país precisa de “macrorreformas” para garantir um crescimento sustentado da economia, e citou a simplificação tributária como outra mudança considerada primordial.

O governador paulista aproveitou o evento com dirigentes da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), em Brasília, para apresentar pontos de sua pré-candidatura à Presidência. Defendeu a reforma política (com a implantação do voto distrital), a privatização de empresas estatais e a desoneração do saneamento básico.

Alckmin sugeriu ainda a inclusão de municípios e do governo federal na gestão da segurança pública. “A questão da segurança é territorial”, disse.

Em uma referência indireta a seu estilo tímido, criticado até por alguns tucanos, Alckmin brincou: “Eu não sou showman. Já fui apelidado até de ‘picolé de chuchu’. Quem quiser ver show, tem aí o Tom Cavalcante. Não somos eleitos para ficar na ribalta”.

Alckmin diz que eleição dá legitimidade para aprovar reformas



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Alckmin diz que eleição dá legitimidade para aprovar reformas
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *