Web Statistics
Bayer pode comprar Monsanto se vender alguns ativos de sementes e agrotóxicos | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Bayer pode comprar Monsanto se vender alguns ativos de sementes e agrotóxicos

Bayer pode comprar Monsanto se vender alguns ativos de sementes e agrotóxicos

Painel Político – A informação chega primeiro aqui

A compra da Monsanto pela Bayer foi autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) nesta quarta-feira (7/2). Porém, a operação só ocorrerá se a companhia alemã vender seus ativos relacionados aos negócios de sementes de soja e de algodão e os ligados a herbicidas não seletivos à base de glufosinato de amônio.

Essas condições foram apresentadas pela própria Bayer depois que a Superintendência-Geral do Cade identificou problemas concorrenciais nesses mercados e foram incluídas no Acordo de Controle de Concentração (ACC) firmado com o órgão. Com a efetivação da operação, a Bayer terá o controle total da Monsanto. O valor estimado do desinvestimento é de 5,9 bilhões euros.

A companhia germânica atua em 75 países e é formada por três setores de negócios: divisão farmacêutica, saúde do consumidor. Já a empresa norte-americana tem atividades em 67 países. O relator do caso, conselheiro Paulo Burnier da Silveira, destacou em seu voto que a solução estrutural apresentada desfaz todas as sobreposições horizontais geradas pela operação no Brasil e retira o nexo de causalidade com aspectos concorrenciais relacionados ao reforço de integrações verticais nos mercados afetados.

Além dos remédios estruturais, Bayer e Monsanto também propuseram compromissos comportamentais envolvendo transparência das políticas comerciais; proibição de impor exclusividade nos canais de venda, de exigir a venda casada e de bundling (empacotamento), além de permitir o licenciamento amplo e não discriminatório de seus produtos.

O tribunal, por maioria, acompanhou o voto do relator, vencidos os conselheiros João Paulo de Resende e Cristiane Alkmin J. Schmidt, que votaram pela reprovação da operação.

Investigação aberta

Apesar de aprovar a operação, o Cade abriu inquérito administrativo para apurar denúncias de concentração de mercado e condutas anticompetitivas pelas duas empresas nos mercados de sementes de soja e de algodão. A abertura da investigação paralela, segundo o Cade, ocorreu porque os fatos não estariam diretamente relacionadas à operação.

O inquérito foi autorizado pela Superintendência-Geral para apurar supostas condutas de abuso de posição dominante por parte dessas empresas. A análise da operação contou com a cooperação de autoridades da concorrência de outros países, por exemplo, da África do Sul, dos Estados Unidos, da Índia, da Rússia e da União Europeia.

Foram 29 jurisdições foram notificadas da fusão, sendo que metade ainda aguarda o desfecho das suas respectivas análises — em particular o Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a Comissão Europeia.

Ato de Concentração 08700.001097/2017-49

 

Com informações da Assessoria de Imprensa do Cade.

Bayer pode comprar Monsanto se vender alguns ativos de sementes e agrotóxicos



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Bayer pode comprar Monsanto se vender alguns ativos de sementes e agrotóxicos
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *