Web Statistics
Prisão de motorista embriagado causa confusão entre PM e Civil no DF | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Prisão de motorista embriagado causa confusão entre PM e Civil no DF

Prisão de motorista embriagado causa confusão entre PM e Civil no DF

Painel Político –

Um novo embate entre a Polícia Civil e a Polícia Militar foi registrado na madrugada desta terça-feira (27/2). Segundo informações preliminares, o motivo da briga seria a prisão de um motorista embriagado. O caso foi registrado na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga), onde ocorreu toda a confusão. A unidade da PCDF chegou a ser cercada por equipes da PM e o clima ficou tenso.

O motorista embriagado se envolveu em um acidente em Vicente Pires. Ele foi levado à delegacia pelos militares. O delgado plantonista Yuri Santana de Brito Rocha teria pedido para que os PMs levassem o preso ao hospital, já que ele estaria machucado. Os PMs, no entanto, teriam se recusaram a recebê-lo de volta, alegando que a Polícia Civil havia recolhido o detido.

Diante da confusão, o delegado deu voz de prisão para a equipe da PM. De acordo com os militares, Yuri Rocha teria falado que eles eram “frouxos”. Dois oficiais compareceram à unidade e também receberam voz de prisão. Viaturas da Patamo, da Rotam e do batalhão da área foram ao local para apoiar os colegas. O delegado, por sua vez, teria dito que pediria reforço à Divisão de Operações Especiais (DOE) da Polícia Civil.
Segundo o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) registrado na DP, a equipe de plantão verificou que o preso apresentava uma lesão na coxa esquerda. Os agentes teriam informado ao comandante da guarnição, o sargento Clênio Gonçalves de Souza, que o conduzido precisava de atendimento médico e pediram que o detido fosse levado ao hospital. O sargento, de acordo com a PCDF, teria tido que não atenderia a solicitação, pois o preso poderia se autolesionar no cubículo da viatura e não iria colocá-lo no banco traseiro.

A partir dessa hora, o clima começou a esquentar. De acordo com TCO, o delegado teria sido avisado da situação e reforçado o pedido. “Desrespeitosamente, (o sargento) sorriu dando as costas para a autoridade policial sem que o mesmo terminasse a conversa, momento em que o Dr. Yuri deu voz de prisão”, destaca um trecho da ocorrência.

Acompanhado de outros militares que discordavam da atitude do delegado, o sargento Souza teria se recusado a assinar o termo circunstanciado por desacato. Os oficiais defenderam que se o sargento fosse autuado, seria crime militar e, assim, ele deveria ficar sob a custódia da PMDF e a lavratura do Termo Circunstanciado seria efetuada na Corregedoria da corporação. Eles também teriam ameaçado levar o delegado para a unidade militar.

“Após este fato, se fez presente a esta delegacia 12 viaturas da PMDF estacionadas no pátio com os rotolights acionados e pelo menos 50 militares, sendo que alguns deles exibiam armamento de grosso calibre”, narra a ocorrência.

Os militares seguiram para a Corregedoria, onde esperam a presença do delegado plantonista. O preso foi levado ao hospital por uma viatura do Corpo de Bombeiros.

Foi arbitrada uma fiança de R$ 1 mil para o motorista embriagado. O veículo dele foi liberado a um condutor habilitado. O resultado do teste do etilômetro apontou concentração de álcool igual a 0,80 mg/l, acima dos 0,33 mg/l considerados crime.

As informações são do Metrópole

Prisão de motorista embriagado causa confusão entre PM e Civil no DF



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Prisão de motorista embriagado causa confusão entre PM e Civil no DF
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *