Web Statistics
Dono da Trakinas e Halls fecha fábricas em SP e demite 2.000 | Gazeta de Rondônia
sexta-feira ,22 fevereiro 2019
Página Inicial / Brasil / Dono da Trakinas e Halls fecha fábricas em SP e demite 2.000

Dono da Trakinas e Halls fecha fábricas em SP e demite 2.000

Painel Político –

Empresa vai transferir produção de Bauru e Piracicaba para fábricas de Curitiba (PR) e Vitória de Santo Antão (PE)

Mondelez Brasil, fabricante dos biscoitos Trakinas, Club Social, belVita e das balas Halls, comunicou aos funcionários de Bauru e Piracicaba, no interior de São Paulo, que irá fechar as duas fábricas até o fim deste ano. A desativação dessas unidades resultará na demissão de cerca de 2.000 trabalhadores – 800 de Piracibaba e 1.200 de Bauru.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Piracicaba, Fânio Luis Gomes, disse que a decisão pegou a entidade de surpresa. “Foi totalmente inesperado, conseguimos negociar apenas um pacote pequeno de benefícios para os demitidos”, afirmou.

Segundo ele, a empresa não deu muitas explicações sobre os motivos do fechamento das fábricas de São Paulo. “Disseram que houve queda nas vendas e que vão concentrar a produção nas unidades de Pernambuco e Paraná.”

O sindicato está tentando marcar um encontro entre a empresa e representantes do governo de São Paulo. “É uma última tentativa de tentar preservar esses empregos no Estado”, disse Gomes.

A Mondelez afirma que as unidades de Bauru e Piracicaba (SP) terão suas linhas transferidas e serão gradativamente descontinuadas até dezembro de 2018. “Como resultado dessas mudanças, Curitiba (PR) e Vitória de Santo Antão (PE) serão as duas maiores plantas de produção da companhia na América Latina.”

A empresa diz que a decisão de fechar essas duas fábricas não está relacionada ao desempenho de seus funcionários. “Decisões que afetam nossas pessoas e as cidades onde atuamos são sempre difíceis e essa não é exceção.”

Entre os benefícios oferecidos pela empresa estão indenização correspondente a 30% do salário-base por tempo de serviço, extensão do plano de saúde e seguro de vida por seis meses, ticket alimentação por seis meses e pagamento da PLR.

A empresa diz que vai oferecer plano de recolocação profissional e de transição de carreira, treinamento interno, feiras de emprego e workshops. “Em paralelo, havendo vagas abertas, os colaboradores que tiverem mobilidade e perfil compatível às posições serão considerados para transferência.”

Fonte: veja

Dono da Trakinas e Halls fecha fábricas em SP e demite 2.000



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Dono da Trakinas e Halls fecha fábricas em SP e demite 2.000
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *