Web Statistics
Infraero dá início à instalação dos elos no aeroporto de Porto Velho | Gazeta de Rondônia
sexta-feira ,15 fevereiro 2019

Página Inicial / Brasil / Infraero dá início à instalação dos elos no aeroporto de Porto Velho

Infraero dá início à instalação dos elos no aeroporto de Porto Velho

Painel Político –

Anúncio havia sido feito em agosto do ano passado

O aeroporto internacional Jorge Teixeira, em Porto Velho, de internacional só tem o nome. Ou tinha. Nos próximos meses ele será internacionalizado de fato. A Infraero já deu início às instalações dos elos (ponte telescópica) que vão permitir que os passageiros desembarquem sem precisar descer na pista, sujeitos à sol e chuva. Além disso, a Receita Federal deve implantar nas próximas semanas, a alfândega, permitindo o desembarque de voos internacionais.

Apesar do governo federal vir anunciando há anos que adotaria essas medidas, nunca conseguia “dispor de orçamento” e o aeroporto era sempre deixado de lado. O deputado federal Luiz Cláudio (PR), cansado de ouvir as desculpas do governo, destinou uma emenda para resolver o problema, “já que a União está sempre sem dinheiro, então resolvi colocar uma emenda. Conversei com o senador Ivo Cassol (PP) e juntos resolvemos o problema dos elos e da Receita Federal”, disse o parlamentar.

O anúncio da instalação das pontes telescópicas foi feito em agosto do ano passado, e anunciada pelo parlamentar, “tinha gente achando que era conversa de político, mas a demora se dá em função dos trâmites burocráticos”, explicou o deputado.

No total, Luiz Cláudio e Cassol conseguiram recursos de R$ 5 milhões para investimentos na estrutura do aeroporto da Capital, que em 2017 registrou 13.128 pousos e decolagens e um fluxo de 794.109 passageiros.

Viadutos

A parceria Luiz Cláudio/Cassol também resultou em recursos para a conclusão das obras dos viadutos de Porto Velho, que viraram um enorme transtorno à população durante anos.

Ele e Cassol destinaram R$ 26 milhões em emendas para as estradas– R$ 13 milhões cada parlamentar-, e desse total R$ 8 milhões estão disponíveis para os viadutos. “É o dinheiro disponível para essas obras. Os pagamentos estão absolutamente em dia”, disse o superintendente regional do DNIT Sérgio Augusto Mamanny. O restante da verba está sendo utilizada na manutenção de outras rodovias, inclusive trechos precários da BR-364. “É importante lembrar que o país passa por uma grave crise financeira e muitas obras estão abandonadas por falta de recursos. Aqui o Ministério dos Transportes nos deu prioridade”, explicou o parlamentar.

Infraero dá início à instalação dos elos no aeroporto de Porto Velho



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Infraero dá início à instalação dos elos no aeroporto de Porto Velho
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *