Web Statistics
Marido manda mulher se prostituir e é esfaqueado por cafetão por não pagar taxa de agenciamento | Gazeta de Rondônia
quarta-feira ,21 novembro 2018

Página Inicial / Brasil / Marido manda mulher se prostituir e é esfaqueado por cafetão por não pagar taxa de agenciamento

Marido manda mulher se prostituir e é esfaqueado por cafetão por não pagar taxa de agenciamento

Jovem de 22 anos disse à polícia que foi obrigada a fazer programa devido à dificuldade financeira do casal

A Polícia Militar procura por um agenciador de prostitutas que teria esfaqueado o marido de uma garota de programa, nesse domingo (4), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A tentativa de homicídio ocorreu depois que a vítima deixou de pagar a taxa de agenciamento, no valor de R$ 150 por dia, da própria mulher.

O caso ocorreu em uma residência no bairro Santa Mônica, onde a vítima, que não teve o nome divulgado, foi socorrida por um vizinho até a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro Tibery com perfurações no peito.

Na unidade de saúde, consciente, o homem afirmou aos policiais que a companheira seria a mandante do crime, já que tinha o ameaçado de morte outras vezes. No entanto, não disse a motivação para as ameaças. Ele passou para os militares as características da mulher, que foi encontrada do lado de fora da UAI à espera de notícias no marido.

À polícia, a jovem de 22 anos negou que mandou assassinar o companheiro, mas apontou um possível autor para a tentativa de homicídio: um homem conhecido pelo apelido de “Cascão”, que trabalha como agenciador de garotas de programa na cidade.

Taxa do sexo

Na versão da mulher, após ser obrigada a se prostituir, ela procurou o cafetão para ter clientes. O homem teria cobrado R$ 150 por dia para que pudesse arrumar a clientela. Algumas taxas foram pagas, mas a prostituta começou a não ter mais dinheiro para repassar ao agenciador depois que o marido começou a ficar com todo a quantia dos programas sexuais realizados.

No domingo de manhã, Cascão foi até a casa dela e ameaçou matá-la caso a sua parte do trato não fosse paga. A prostituta contou que o dinheiro estava com o marido, e o cafetão prometeu voltar mais tarde para pegar a quantia. Horas depois, o suspeito retornou, tomou as chaves da mão dela e foi para dentro do imóvel. Enquanto isso, a jovem foi para um posto de combustíveis conversar com amigos.

Durante a conversa, os dois homens teriam discutido, e o agressor esfaqueou a vítima, que ainda tentou se defender e teve cortes nas mãos. Ela não corre risco de morte. Logo depois, o criminoso fugiu a pé.

Após as declarações, a mulher foi conduzida à delegacia para prestar esclarecimentos. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, ela foi ouvida e liberada. Um inquérito foi aberto para apurar o caso.

Fonte: otempo

 

O post Marido manda mulher se prostituir e é esfaqueado por cafetão por não pagar taxa de agenciamento apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Marido manda mulher se prostituir e é esfaqueado por cafetão por não pagar taxa de agenciamento
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *