Web Statistics
Caerd descumpre acordo judicial e Iacira Azamor pode sofrer mandado de prisão | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Caerd descumpre acordo judicial e Iacira Azamor pode sofrer mandado de prisão

Caerd descumpre acordo judicial e Iacira Azamor pode sofrer mandado de prisão

 

No ultimo dia 13/03, o TRT foi informado do descumprimento por parte da CAERD do acordo celebrado na data de 28 de novembro de 2017 referente aos atrasos de salários. O desembargador, notificou a CAERD para que apresente no prazo de 5 dias documentos que comprovem nos autos do processo DCG 360 o cumprimento.

Mediação do TRT

Com Mediação do TRT e apoio da Assembleia Legislativa, após 23 dias de greve da CAERD, categoria aceita proposta e retorna as atividades amanhã (30).
Após muitos debates, explicações, apresentações e muita luta para convencer a presidente da CAERD, que se mostrou o tempo todo intransigente e sem a menor boa vontade de querer regularizar os salários atrasados de seus trabalhadores, a intermediação da desembargadora Maria Cesarineide, da Procuradora do Ministério Público do Trabalho, Camilla Holanda M. da Rocha e do Procurador Regional do Trabalho, Jonas Ratier Moreno, além da presença e contribuição significativa do deputado Léo Moraes, foi possível assim desenvolver uma proposta e chegar a um acordo.

A proposta consiste em garantir 70% da arrecadação diária da empresa para o pagamento dos salários atrasados, para os que recebem até 5 mil reais, sendo que este pagamento será feito do menor para o maior. Após quitar o mês mais atrasado (setembro), passa-se a reservar 60% da arrecadação diária, para aqueles que percebem remuneração maior que R$ 5.001,00, para quitar o mesmo mês. Este procedimento será o mesmo adotado para os meses subsequentes, até que seja regularizado a folha de pagamento.

Exonerar Comissionados

Após a declaração de inconstitucionalidade da Lei n. 3.778/2016 do Estado de Rondônia, que criou cargos comissionados na Companhia de Águas e Esgotos do estado, além da determinação do Tribunal para que a Presidente Iacira Azamor exonerasse todos os cargos, a CAERD apresentou Embargos de Declaração que fora julgado, negado e ainda restou uma multa para a Companhia por utilizar de meio protelatório.

Da Prisão pela Desobediência

Em julgamento de Embargos de Declaração no processo 0000849-95.2016.5.14.0001, o magistrado José Roberto Coelho Mendes Júnior determinou a prisão de Iacira Azamor em caso de nova desobediência. A empresa desconta a contribuição na folha de pagamento dos colaboradores, mas não repassa à entidade representativa.

A Caerd também foi condenada em R$50.000,00 pelos descumprimentos reiterados das decisões judiciais.

Sem o menor pudor a CAERD, insiste em continuar o festival de contratações de pessoal. A menos de 60 dias, com autorização da Assembleia Legislativa do Estado a CAERD iniciou a contratação de cargos emergenciais. Já aproxima 30 contratos que onera a folha em aproximadamente 300 mil reais. Além de a CAERD, no último dia 13/03, ter enviado a ALE mensagem de Lei nº 17, pedindo a aprovação de mais 23 cargos temporários.

22 DE MARÇO – DIA MUNDIAL DA ÁGUA

O SINDUR, convoca todos trabalhadores (as) para um ATO DE PROTESTO a partir das 08:00 hs na Av. Pinheiro Machado em frente a CAERD. Vamos protestar CONTRA:
• A VENDA DA AMAZONIA
• A PRIVATIZAÇÃO DA CAERD
• 4 MESES DE ATRASOS DE SALÁRIOS
E PELA SOBERANIA NACIONAL

 

O post Caerd descumpre acordo judicial e Iacira Azamor pode sofrer mandado de prisão apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Caerd descumpre acordo judicial e Iacira Azamor pode sofrer mandado de prisão
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Anvisa dá passo rumo à regulamentação da maconha

O assunto ganhou força em novembro de 2017 e, agora, pesquisadores pretendem pressionar com um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *