Web Statistics
TRF-4 marca para segunda-feira, dia 26 análise de recurso que pode levar Lula à prisão | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / TRF-4 marca para segunda-feira, dia 26 análise de recurso que pode levar Lula à prisão

TRF-4 marca para segunda-feira, dia 26 análise de recurso que pode levar Lula à prisão

Segundo o TRF-4, não haverá transmissão ao vivo, como ocorreu na no dia 24 de janeiro, quando a 8ª Turma, composta por Gebran e mais dois desembargadores, elevou a pena de Lula para 12 anos e um mês de prisão

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª região) marcou para segunda-feira (26) o julgamento do recurso de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo do tríplex. A data foi marcada às 11h38 desta quarta-feira (21) pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da ação da Operação Lava Jato na segunda instância.

A sessão está marcada para as 13h30. Segundo o TRF-4, não haverá transmissão ao vivo, como ocorreu na no dia 24 de janeiro, quando a 8ª Turma, composta por Gebran e mais dois desembargadores, elevou a pena de Lula para 12 anos e um mês de prisão.

Segundo a decisão do TRF-4 no caso, Lula deve começar a cumprir uma pena depois do julgamento de “recursos” dotados de efeito suspensivo” –ou seja, que impedem a execução da decisão judicial. É o caso dos embargos de declaração, o único recurso com esta
característica à disposição da defesa do ex-presidente neste tribunal.

Em tese, os embargos de declaração são um recurso que serve apenas para pedir esclarecimentos sobre a decisão de um juiz ou tribunal, sem alterá-la. A defesa de Lula, no entanto, usou o recurso também para pedir a absolvição do ex-presidente.

Também nesta quarta-feira (21), o STF (Supremo Tribunal Federal) deve debater a prisão após segunda instância por meio de uma questão de ordem do ministro Marco Aurélio Mello.

Neste momento, o ex-presidente está em caravana pelo Sul do país. Da segunda-feira passada (19) até a próxima quarta-feira (28), Lula visitará o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná. Hoje, ele está em São Borja (RS).

Outro recurso?

A defesa do ex-presidente Lula pode tentar evitar a prisão do petista ao apresentar mais um recurso à 8ª Turma após o julgamento dos embargos.

O novo recurso teria que ser apresentado imediatamente após a primeira negativa, na tentativa de obrigar o colegiado a analisá-lo antes que haja uma ordem para que a pena seja executada. Os advogados apostam na tese de que seria necessário julgar os novos embargos para esgotar os recursos na segunda instância.

Não por acaso, na sexta-feira (9), a defesa pediu ao TRF-4 que avise quando os embargos serão julgados e menciona, no documento, “a possibilidade, em tese, do cabimento de outros recursos” no próprio tribunal.

Tudo isso acontece em paralelo a uma outra frente de batalha da defesa de Lula, desta vez no STF (Supremo Tribunal Federal). Os advogados buscam acelerar o julgamento de um habeas corpus preventivo para que ele não seja preso após o esgotamento dos recursos na segunda instância.

Fonte: uol

O post TRF-4 marca para segunda-feira, dia 26 análise de recurso que pode levar Lula à prisão apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:TRF-4 marca para segunda-feira, dia 26 análise de recurso que pode levar Lula à prisão
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Anvisa dá passo rumo à regulamentação da maconha

O assunto ganhou força em novembro de 2017 e, agora, pesquisadores pretendem pressionar com um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *