Web Statistics
Ingestão de antiácidos e antibióticos na infância aumenta risco de alergias, diz estudo | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Ingestão de antiácidos e antibióticos na infância aumenta risco de alergias, diz estudo

Ingestão de antiácidos e antibióticos na infância aumenta risco de alergias, diz estudo

Em crianças que tomaram antiácidos e antibióticos nos primeiros seis meses de vida, as chances de desenvolver alergias alimentares e asma foram 50% maiores

Um novo estudo publicado nesta segunda-feira, 2, na publicação científica Jama Pediatrics sugere que crianças que ingerem antiácidos como ranitidina ou Famodine (famotidina) e antibióticos são mais propensas a desenvolver alergias infantis, provavelmente porque essas drogas podem alterar as bactérias naturais do intestino.

Pesquisadores analisaram os registros de saúde de cerca de 800 mil crianças americanas nascidas entre 2001 e 2013, que tinham o plano de saúde Tricare, um convênio médico para familiares de militares ativos e aposentados, e relacionaram a ingestão de antiácidos e antibióticos com o desenvolvimento de alergia.

Foi constatada uma taxa surpreendente de 9% de bebês que receberam antiácidos para tratar refluxos. Por quatro anos, mais da metade das crianças desenvolveram alergias a alimentos e medicamentos, erupções cutâneas, asma ou outras doenças relacionadas a alergia. O estudo não conseguiu provar as causas, mas a conexão com antiácidos e antibióticos foi alarmante.

Em crianças que tomaram antiácidos durante seus primeiros seis meses de vida, as chances de desenvolver alergias alimentares dobraram; já as chances de desenvolvimento de reações alérgicas severas, seja anafilaxia ou febre, foram 50% maiores em bebês que tomaram antiácidos.

Já para bebês que tomaram antibióticos no mesmo período, as chances de desenvolver asma dobraram e foram ao menos 50% mais altas para anafilaxias e febres.

“Esses remédios são considerados, em geral, inofensivos, e comuns a seres prescritos para crianças que cospem muito”, disse o pesquisador chefe Edward Mitre, da Universidade Uniformed Services em Bethesda, Maryland, nos Estados Unidos. “Nós devemos ser um pouco mais cautelosos ao prescrever esses medicamentos”, disse.

O interesse de Mitre nesse assunto começou quando ele teve seu segundo filho. Um pediatra sugeriu um antiácido porque o bebê chorava muito quando estava deitado com as costas para baixo. “Nós não demos, ele não tinha um refluxo muito grande”, relembra.

No estudo, os pesquisadores alertam que é possível que os medicamentos foram dados para crianças que já tinham alergias e não haviam sido diagnosticados. Entretanto, isso não é suficiente para explicar todos os efeitos que eles viram, porque as bactérias do estômago desempenham papéis importantes no sistema imunológico.

“Antibióticos e antiácidos podem mudar o microbioma dos bebês, talvez de forma suficiente para causar uma reação no sistema imunológico que causa uma alergia”, diz Mitre. Anitácidos também mudam o jeito que as proteínas são digeridas e algumas podem até alterar o desenvolvimento do sistema imunológico. O co-autor do estudo, o médico Cade Nylund, sugeriu que os pais deem menos quantidade de comida para os bebês que costumam ter muito refluxo.

Fonte: emais.estadao

O post Ingestão de antiácidos e antibióticos na infância aumenta risco de alergias, diz estudo apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Ingestão de antiácidos e antibióticos na infância aumenta risco de alergias, diz estudo
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Anvisa dá passo rumo à regulamentação da maconha

O assunto ganhou força em novembro de 2017 e, agora, pesquisadores pretendem pressionar com um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *