Web Statistics
Mulher é condenada pela Justiça por calúnia ao chamar vizinho de “advogado do Lula” | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Mulher é condenada pela Justiça por calúnia ao chamar vizinho de “advogado do Lula”

Mulher é condenada pela Justiça por calúnia ao chamar vizinho de “advogado do Lula”

Ré também acusou pais de morador de condomínio de terem cometido crimes.

A 5ª turma Recursal do TJ/BA condenou uma mulher pelo crime de calúnia depois que ela chamou um vizinho de “advogado de Lula” em grupo de WhatsApp. Durante conversa, a mulher acusou os pais do rapaz de cometerem crimes como tráfico de influência e desobediência.

De acordo com os autos, durante conversa em grupo com mais de 200 participantes, a mulher acusou os pais do rapaz de terem descumprido ordem judicial na qual algumas árvores em frente ao condomínio deveriam ter sido retiradas. Em áudio, a moradora ainda afirmou que o pai do vizinho não obedeceu a ordem por dizer que tinha poder para isso, e chamou o rapaz de “advogado de Lula” por afirmar que a discussão enviada no grupo estava judicializada.

Ao tomarem conhecimento da conversa, da qual não participam, os pais do rapaz ingressaram na Justiça pleiteando a condenação da vizinha pelo crime de calúnia. Ao julgar o caso, no entanto, o juízo de 1º grau considerou que não houve ofensa pessoal e julgou improcedente o pedido.

Em recurso dos pais do rapaz, a 5ª turma Recursal reconheceu que as declarações, de fato, imputaram fato criminoso aos autores, e que a mulher se referiu ao rapaz como “advogado de Lula”, “sabidamente envolvido em escândalos, em especial, tráfico de influência e corrupção”. A turma ainda ponderou que não houve contestação da vizinha em relação à autoria do áudio e que as afirmações causaram sofrimento ao rapaz e à sua vida familiar, social e profissional. Com isso, o colegiado condenou a mulher a pena de prestação de serviços comunitários, além do pagamento de 13 dias-multa no valor de um décimo do salário mínimo, pela prática de crime de calúnia.

Processo: 0003985-07.2017.8.05.0150

Fonte: migalhas

O post Mulher é condenada pela Justiça por calúnia ao chamar vizinho de “advogado do Lula” apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Mulher é condenada pela Justiça por calúnia ao chamar vizinho de “advogado do Lula”
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Anvisa dá passo rumo à regulamentação da maconha

O assunto ganhou força em novembro de 2017 e, agora, pesquisadores pretendem pressionar com um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *