Web Statistics
Consumidora encontra objeto metálico em saquinho de M&M | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Consumidora encontra objeto metálico em saquinho de M&M

Consumidora encontra objeto metálico em saquinho de M&M

À funcionária pública, a Mars, detentora da marca M&M’S, informou que irá coletar o produto, na próxima quarta-feira, dia 11, e o item será reposto

A funcionária pública Talita Galhardo via televisão com a mãe e já estava no meio do pacote de M&M’S, de 200g, quando encontrou em meio as pastilhas de chocolate um objeto metálico pontiagudo.

— A primeira coisa que pensei foi e se esse pacote estivesse com meu irmão de 12 anos? Ele costuma jogar os M&Ms direto na boca. Já pensou? — questiona Talita, que disse que ficou sem saber o que fazer num primeiro momento.

Orientada por um amigo, Talita guardou o pacote, do lote 804FA6UA08, e o objeto de metal e relatou o acontecido ao SAC, na última quinta-feira. O retorno ao seu e-mail, no entanto, só chegou depois que o caso foi relatado pela “Defesa do Consumidor” à empresa. À funcionária pública, a Mars, detentora da marca M&M’S, informou que irá coletar o produto, na próxima quarta-feira, dia 11, e o item será reposto.

— Minha preocupação é que haja “tachinhas” como esta em outros pacotes. Por isso, decidi avisar a empresa. É um perigo, principalmente porque o produto é muito consumido por crianças — diz Talita, que é consumidora frequente de M&M’S.

Detalhe da “tachinha” encontrada no pacote Foto: Foto da leitora

Procurada, a Mars afirmou ter como princípio a qualidade de produtos e serviços. A empresa ratifica que foi agendada a retirada do produto e informa que já está providenciando análises necessárias do M&M’S, na versão ao leite (Pouch 200g) para entender o ocorrido. A empresa afirma ter “um rigoroso processo de fabricação para garantir a segurança alimentar e a saúde do consumidor, desde o recebimento das matérias primas até o empacotamento”. E acrescenta ter “controles para a detecção de objetos estranhos nas linhas de produção e manter critérios de monitoramento e validação, para garantir que se siga a legislação vigente no país”. A Mars ressalta ainda que, até o momento, não recebeu nenhuma outra ocorrência do lote mencionado pela consumidora.

O advogado Fábio Ferreira, membro da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/RJ, destaca que em casos como o que se deparou Talita, além de guardar o produto e comunicar o problema ao fabricante do alimento, o consumidor deve registrar queixa na delegacia:

— O registro da ocorrência na delegacia visa à instauração de inquérito para apurar crime contra relações de consumo. Outro importante passo, é registrar a reclamação no Procon, para a abertura de processo administrativo sancionatório, e na Vigilância Sanitária — explica o advogado.

Ferreira destaca que constatado o risco à saúde, a empresa tem o dever de apurar e comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores:

— É o denominado recall, processo de remoção do produto, ora considerado inseguro no mercado de consumo.

Fonte: extra

O post Consumidora encontra objeto metálico em saquinho de M&M apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Consumidora encontra objeto metálico em saquinho de M&M
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Anvisa dá passo rumo à regulamentação da maconha

O assunto ganhou força em novembro de 2017 e, agora, pesquisadores pretendem pressionar com um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *