Web Statistics
Garota de programa é presa por fazer sexo com cliente de 14 anos por R$ 1,6 mil | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Garota de programa é presa por fazer sexo com cliente de 14 anos por R$ 1,6 mil

Garota de programa é presa por fazer sexo com cliente de 14 anos por R$ 1,6 mil

Adolescente contou ter encontrado o contato de Sarah McGill em um site de prostituição; ele negociou e pagou o preço para ter relações sexuais com ela

Uma mulher foi presa na Flórida, Estados Unidos, sob a acusação de ter feito sexo com um menino de 14 anos em um quarto de hotel. A escocesa Sarah Louise McGill, 28 anos, foi detida no último sábado (7) pela polícia local, depois de receber R$ 1,6 mil de um garoto que encontrou seu contato em um site de prostituição.

De acordo com o Daily Mail , o jovem de 14 anos contratou os serviços de Sophia Belle, que na verdade era McGill. Um porta-voz da Polícia de Orlando explicou que o menor de idade afirmou ter encontrado o contato da mulher em um site pouco conhecido, e que passaram a trocar mensagens depois de algumas horas.

Site de prostituição e julgamento
As investigações iniciadas na semana passada indicaram que McGill, que trabalha também como uma hipnoterapeuta clínica profissional, e o menino, vítima do caso, tiveram uma longa conversa por mensagens de texto antes de se encontrarem no hotel Marriott, em Orlando.

A vítima contou à polícia que a escocesa havia o encontrado no primeiro andar do local, e que depois de se relacionarem sexualmente, efetuou o pagamento de R$ 1,6 mil e foi para a sua casa.

Os oficiais asseguraram que, durante o inquérito, o menino disse que voltou ao hotel e viu McGill com outro homem em um quarto cheio de bebidas alcoólicas, preservativos e cigarros. Ele admitiu ter vasculhado um cofre que estava no quarto, onde achou mais preservativos e dinheiro.

Tanto o menino de 14 anos quanto Sarah receberam os detetives do Departamento de Polícia de Orlando para prestarem depoimento. Depois do levantamento de dados e análise do conteúdo do site , a mulher foi detida sob as acusações de estupro estatutário – quando há interação sexual consensual entre um adulto e uma criança maior de 12 e menor de 16 anos, de acordo com a legislação da Flórida. Ela está na cadeia de Orange County desde segunda-feira, e foi proibida de se aproximar do garoto e de interagir online com qualquer pessoa.

Fonte: ig

O post Garota de programa é presa por fazer sexo com cliente de 14 anos por R$ 1,6 mil apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Garota de programa é presa por fazer sexo com cliente de 14 anos por R$ 1,6 mil
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *