Web Statistics
Mulher é presa acusada de realizar ‘corridas fantasma’ para ganhar dinheiro em aplicativo | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Mulher é presa acusada de realizar ‘corridas fantasma’ para ganhar dinheiro em aplicativo

Mulher é presa acusada de realizar ‘corridas fantasma’ para ganhar dinheiro em aplicativo

Ainda não é possível estimar tamanho do prejuízo tomado pela empresa em Curitiba

Uma mulher de 26 anos foi presa, nesta quinta-feira (19), suspeita de comandar uma quadrilha que realizava “corridas fantasma” e, assim, fraudava o sistema do aplicativo 99 para roubar dinheiro da empresa. De acordo com a Polícia Civil, Moara Celine Wojcik ainda oferecia cursos ensinando a fraude e cobrava R$ 500 por pessoa para repassar o tutorial. Um homem de 28 anos também foi preso, no Litoral do Estado, suspeito de participação na quadrilha.

De acordo com o delegado José Vitor Silva Pinhão, do 8° Distrito Policial de Curitiba, a mulher trabalhava como motorista do aplicativo e passou a realizar cadastros falsos de motoristas e passageiros com o objetivo de receber por corridas inexistentes. “Ela montava corridas e recebia antecipadamente com cartão de crédito. Posteriormente ao prazo então, a operadora informava que os supostos clientes eram fraudulentos, deixando a empresa sem nada”, disse.

Como os bandidos costumavam se utilizar dos benefícios de empresas, como corridas de graça até certo valor, acredita-se que nenhum passageiro tenha sido lesado pela fraude.

Na casa de Moara, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), a polícia apreendeu diversos cartões da empresa, chips de celulares e agendas com anotações relacionadas com a fraude. Segundo a empresa vítima, Moara foi desvinculada após a descoberta do crime, mas continuou praticando as fraudes até a prisão.

Segundo o Pinhão, ainda não se sabe quantas pessoas ela ensinou e quantas estão envolvidas com a fraude. “Estamos realizando todas as diligências necessárias para o esclarecimento do caso, bem com a identificação e prisão e outras pessoas envolvidas no crime”, concluiu o delegado

Os dois presos nesta quinta responderão pelos crimes de estelionato, associação criminosa e incitação ao crime. Ambos permanecem presos à disposição da Justiça.

Em nota, a 99 informou que, na qualidade de vítima, pediu a abertura da investigação para os órgãos responsáveis e auxiliou, quando solicitada pelas autoridades competentes, nas investigações fornecendo informações requisitadas. “A 99 reafirma a sua posição e repudia qualquer ilegalidade cometida dentro da sua plataforma”, disse a empresa.

O post Mulher é presa acusada de realizar ‘corridas fantasma’ para ganhar dinheiro em aplicativo apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Mulher é presa acusada de realizar ‘corridas fantasma’ para ganhar dinheiro em aplicativo
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Delúbio Soares se entrega à Polícia Federal em São Paulo

Sérgio Moro autorizou que o petista comece a cumprir em Brasília sua pena de 6 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *