Web Statistics
Natalie Portman recusa prêmio de U$ 1 milhão e recebe carta de apelo de ministro israelense | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Natalie Portman recusa prêmio de U$ 1 milhão e recebe carta de apelo de ministro israelense

Natalie Portman recusa prêmio de U$ 1 milhão e recebe carta de apelo de ministro israelense

A atriz se recusou a comparecer à premiação no país por conta de “eventos recentes”; ministro pediu para que não deixe “o lado negro da força vencer”

A atriz vencedora de Oscar Natalie Portman tem dado o que falar em Israel. Após sua recusa a receber um prêmio de US$ 1 milhão do Genesis Prize em Israel , o Ministro de Segurança Pública e Assunstos Estratégicos do país, Gilad Erdan, divulgou em seu twitter uma carta endereçada à atriz fazendo um apelo para que ela não deixe “o lado negro da força vencer”, em referência à trilogia de “ Star Wars ”.

Na carta para Natalie Portman , o ministro afirma estar muito desapontado com a decisão da atriz e afirma que ela estaria sendo influencia pela “campanha midática de desinformação e mentiras sobre Gaza orquestrado pelo grupo terrorista Hamas”. Além disso, o ministro ainda afirma querer convidá-la pessoalmente para ir à Israel e até mesmo fazer uma tour na fronteira de Gaza.

Erdan argumenta que a imprensa traz os fatos destorcidos e ainda critica a campanha BDS (Boicote, Sanções e Desinvestimentos), a qual muitos artistas já se veicularam, chamando-a de antissemita. Ao fim da carta ele ainda cita o personagem de “Star Wars”. “Anakin Skywalker, um personagem que você conhece muito bem de ‘Star Wars’ enfrentou um processo similar. Ele começou a acreditar que os cavaleiros de Jedi eram maus e que as forças do Lado Negro eram os defensores da democracia. Eu peço a você para não deixar o lado negro da força vencer”, escreve.

Polêmica de Natalie Portman

Natalie Portman como Jackie no filme homônimo; atriz afirmou não concordar com BDS
Divulgação

Natalie Portman como Jackie no filme homônimo; atriz afirmou não concordar com BDS

Apesar de ter nascido em Israel, a atriz Natalie Portman se recusou a participar da cerimônia do Prêmio Gênesis no país para receber US$ 1 milhão devido aos “eventos recentes” no país, em possível referência aos ataques na faixa de Gaza. O prêmio é concedido desde 2014 a diversos profissionais por sua excelência na carreira e que “inspiram outros por meio de sua dedicação à comunidade judaica e aos valores judeus”. Ainda que se negue a comparecer no evento, Portman revelou que não apoia a campanha BDS no país.

Do IG e Agências

O post Natalie Portman recusa prêmio de U$ 1 milhão e recebe carta de apelo de ministro israelense apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Natalie Portman recusa prêmio de U$ 1 milhão e recebe carta de apelo de ministro israelense
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Audiência do sítio de Atibaia é suspensa por greve dos caminhoneiros

Segundo Sérgio Moro, há depoimentos marcados para segunda (28), pela manhã e à tarde, mas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *