Web Statistics
Homem que planejou massacre na UnB é preso pela PF em Curitiba | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Brasil / Homem que planejou massacre na UnB é preso pela PF em Curitiba

Homem que planejou massacre na UnB é preso pela PF em Curitiba

Marcelo Valle Silveira Mello, 32, foi detido sob acusação de crimes como ameaça, racismo, homofobia e associação criminosa

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (10/5) a Operação Bravata, ação que combate crimes de racismo, ameaça, incitação ao crime e terrorismo praticados via internet. Um dos detidos é velho conhecido dos investigadores. O analista de sistemas e ex-estudante da Universidade de Brasília (UnB) Marcelo Valle Silveira Mello, 32, foi detido em Curitiba (PR). Ele já havia sido mandado para a cadeia em 2012 acusado de arquitetar um massacre a alunos da UnB.

Através dele, há seis anos, surgiu a Operação Intolerância. Valle ficou detido, no Paraná, por 1 ano e 6 meses. Ao ganhar o direito de cumprir o restante da pena em liberdade, voltou a criar páginas anônimas para atacar e ameaçar mulheres, negros e homossexuais. Uma delas ensinava como cometer estupros.

No âmbito da Bravata, ele responderá pelos crimes de associação criminosa, ameaça, racismo e incitação ao crime, “tendo em vista que nos sites e fóruns mantidos na internet incentivam a prática de diversos crimes, como o estupro e o assassinato de mulheres e negros, bem como pelo crime de terrorismo, tendo em vista haver evidências de que os mesmos foram responsáveis por ameaças de bomba encaminhadas a diversas universidades do país”, informou a PF.

A Bravata mobilizou cerca de 60 policiais federais que cumpriram oito mandados de busca e apreensão em Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Santa Maria (RS) e Vila Velha (ES). Apenas Marcelo Valle foi detido.

Condenado
Em 2013, ele foi condenado há seis anos e sete meses de prisão em regime semiaberto, além de multa de R$ 4 mil. A Justiça do Paraná entendeu que ele havia praticado os crimes de indução à discriminação ou preconceito de raça; incitação à prática de crime; e publicação de vídeos e fotografias de crianças e adolescentes em cenas de sexo.

Em março de 2012, Marcelo Valle e Emerson Eduardo Rodrigues foram detidos acusados de planejar uma chacina de estudantes do curso de Ciência Sociais da UnB. Os dois mantinham um mapa de uma casa no Lago Sul, onde seria realizada uma confraternização dos universitários. Na conta de Valle havia cerca de R$ 500 mil, dinheiro supostamente doado por simpatizantes radicais à causa dele. As investigações à época apontaram que o recurso serviria para financiar o atentado.

No ano passado, uma conta de e-mail com o nome do suspeito enviou mensagem ameaçando de morte o apresentador e jornalista Fernando Oliveira, mais conhecido como Fefito. O motivo do ataque seria homofobia.

BolsoCoin
Já em janeiro deste ano, Marcelo Valle voltou ao noticiário ao criar a moeda virtual BolsoCoin. Oferecida e divulgada em cantos pouco conhecidos da internet, a invenção é uma criptomoeda vendida por seus criadores como a primeira “da direita alternativa e neonazista do Brasil”.

A BolsoCoin é uma das milhares de criptomoedas existentes hoje no mundo. A modalidade é uma espécie de dinheiro virtual que utiliza a criptografia para garantir mais segurança em transações financeiras na internet e criar novas unidades da moeda, como em um investimento. A transferência de valores é feita de um usuário a outro, sem a interferência de instituições bancárias.

Fonte: metropoles

O post Homem que planejou massacre na UnB é preso pela PF em Curitiba apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Homem que planejou massacre na UnB é preso pela PF em Curitiba
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

PM é preso pelo desaparecimento de ex- mulher e não diz nada em depoimento

Diogo foi preso no fim da manhã de sábado no Hospital Bom Retiro, onde estava …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *