Web Statistics
Gilmar Mendes critica restrição de foro, mas manda ação à 1ª instância | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Brasil / Gilmar Mendes critica restrição de foro, mas manda ação à 1ª instância

Gilmar Mendes critica restrição de foro, mas manda ação à 1ª instância

Ministro do STF reafirmou ataques à decisão da Corte de reduzir alcance do privilégio só para deputados federais e senadores

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), reforçou nesta terça-feira (15/5) as críticas à decisão da Corte de reduzir o alcance do foro privilegiado para deputados federais e senadores. Em conferência com militares, o magistrado disse nesta manhã que a medida não vai dar certo. Segundo ele, os próximos desdobramentos sobre o tema vão trazer uma radiografia da Justiça Criminal em todo o país e o STF terá de rediscutir o tema “com uma dose maior de realismo”.

Apesar das críticas, o ministro decidiu retirar do seu gabinete uma ação penal sobre o deputado federal Édio Lopes (PR-RR), com base no novo entendimento do STF – de que o foro privilegiado para parlamentares só vale para os crimes cometidos no exercício do mandato e em função do cargo. Foi o primeiro caso encaminhado por Gilmar Mendes à primeira instância após a mudança de entendimento no Supremo.

“Vai dar certo (restringir o foro)? Espero que sim, mas acho que não. A experiência indica menor provimento das instâncias ordinárias de recursos em relação ao Supremo Tribunal Federal. E certamente, se o Mensalão tivesse sido julgado nas instâncias ordinárias, muito provavelmente nós teríamos ainda o pequeno poder”, disse.

“Foi o Supremo quem julgou (o Mensalão), e o fez de maneira compacta aqui. É claro que nos sobreonera, nós paramos quatro meses do plenário para julgar”, completou o ministro.

Crime
Segudo Gilmar Mendes, as Forças Armadas estão “engajadas” no tema da segurança pública, mas também é fundamental uma justiça criminal eficiente para combater a prática de delitos.

“Eu tenho dito com certo sarcasmo, mas, infelizmente, com certo realismo: a justiça criminal brasileira, para ficar ruim, precisa melhorar muito. Este é um fato da realidade. Tinha achado que é virtuoso o debate sobre o foro porque inevitavelmente ele vai nos trazer alguma radiografia da questão da justiça criminal. De modo a discutir essa temática com uma dose maior de realismo”, frisou Gilmar Mendes.

Processo
Em decisão assinada na última sexta (11), Gilmar Mendes encaminhou à primeira instância ação penal que investiga o deputado Édio Lopes. Ele é acusado pela prática de peculato, sob a suspeita de ter desviado dinheiro público entre janeiro de 2005 e dezembro de 2006, época na qual era deputado estadual de Roraima.

O parlamentar supostamente indicou três pessoas para trabalharem em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Estado de Roraima sem exigir a prestação dos serviços correspondentes. “Trata-se de fatos alheios ao mandato de parlamentar federal. Ante o exposto, declino da competência para a Comarca de Boa Vista (RR)”, decidiu o ministro do Supremo.

Procurado pela reportagem, o gabinete do deputado Édio Lopes não havia se pronunciado até a publicação deste texto.

Fonte: metropoles

O post Gilmar Mendes critica restrição de foro, mas manda ação à 1ª instância apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Gilmar Mendes critica restrição de foro, mas manda ação à 1ª instância
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

PM é preso pelo desaparecimento de ex- mulher e não diz nada em depoimento

Diogo foi preso no fim da manhã de sábado no Hospital Bom Retiro, onde estava …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *