Web Statistics
TSE rejeita por unanimidade recurso de Bolsonaro contra o Datafolha | Gazeta de Rondônia
segunda-feira ,24 setembro 2018

Página Inicial / Brasil / TSE rejeita por unanimidade recurso de Bolsonaro contra o Datafolha

TSE rejeita por unanimidade recurso de Bolsonaro contra o Datafolha

O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República questionava teor de perguntas feitas pelo instituto sobre seu patrimônio

Por unanimidade, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) rejeitou nesta quinta-feira (17) recurso do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) que questionava o teor de perguntas feitas sobre ele em uma pesquisa do Datafolha.

O deputado, que é pré-candidato a presidente, havia tentado suspender em janeiro a divulgação de pesquisa do instituto argumentando à Justiça Eleitoral que era tendenciosa a inclusão de perguntas a respeito do aumento
de seu patrimônio. O assunto tinha sido abordado em uma série de reportagens da Folha naquele mês.

Relator do caso, o ministro Sergio Banhos negou na ocasião um pedido de liminar e, posteriormente, julgou improcedente a representação de Bolsonaro. A pesquisa foi divulgada no dia 31 de janeiro.

O parlamentar recorreu e o plenário do TSE, composto por sete ministros, julgou o pedido improcedente nesta quinta-feira.

Bolsonaro queixou-se sobretudo de uma questão a respeito de seu patrimônio. “Você tomou conhecimento sobre denúncias envolvendo o aumento do patrimônio da família do deputado Jair Bolsonaro desde o início da sua carreira política?”, perguntou o Datafolha aos entrevistados.

A questão atribuiu a Bolsonaro, diz sua defesa, “a pecha de denunciado por enriquecimento ilícito, de forma manifestamente difamatória”. O texto afirma que ele nunca foi denunciado por acréscimo de patrimônio.

O relator Sergio Banhos entendeu que, diante do teor das perguntas, não é possível concluir que havia no levantamento a finalidade de privilegiar um candidato em detrimento de outro e tampouco que havia conteúdo
difamatório ou inverídico nas questões que constavam no levantamento.

Ele disse que o acervo probatório não comprova qualquer favorecimento a um candidato em detrimento de outro.

Os colegas de tribunal seguiram seu voto. O ministro Tarcísio Vieira destacou a importância da liberdade de expressão e disse que a atuação da Justiça Eleitoral deve se dar de maneira minimalista. A palavra “denúncia” foi usada no sentido de “notícia”, segundo ele.

Rosa Weber disse que o tema de fundo é instigante, pois trata de pesquisas eleitorais e seus reflexos, e passa pelo direito à informação, pela liberdade de expressão e pelo limite de atuação dos envolvidos.

Luís Roberto Barroso e Jorge Mussi também concordaram com o relator.

Napoleão Nunes Maia votou com o relator, mas com ressalvas. Para ele, a palavra “denúncia” nunca é neutra. Ele disse que acompanharia o relator seguindo o princípio da colegialidade.

O presidente do TSE, Luiz Fux, afirmou que não houve desequilíbrio na pesquisa Datafolha.

Fonte: Folha de S. Paulo

O post TSE rejeita por unanimidade recurso de Bolsonaro contra o Datafolha apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:TSE rejeita por unanimidade recurso de Bolsonaro contra o Datafolha
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *