Web Statistics
PM é preso pelo desaparecimento de ex- mulher e não diz nada em depoimento | Gazeta de Rondônia
segunda-feira ,22 outubro 2018

Página Inicial / Brasil / PM é preso pelo desaparecimento de ex- mulher e não diz nada em depoimento

PM é preso pelo desaparecimento de ex- mulher e não diz nada em depoimento

Diogo foi preso no fim da manhã de sábado no Hospital Bom Retiro, onde estava internado

O ex-marido da estudante de Direito Andriele Gonçalves da Silva, de 22 anos, desaparecida há 12 dias, foi preso na manhã de sábado  (19) como principal suspeito, optou em permanecer calado durante o depoimento. Diogo Coelho Costa é soldado da Polícia Militar e foi preso pelos próprios colegas do 22º BPM, onde atuava. Na Delegacia do Alto Maracanã (PR), que comanda as investigações, o soldado afastado não colaborou com a polícia e exerceu o direito de permanecer calado, sem responder perguntas da investigação.

A prisão aconteceu no fim da manhã e a Justiça acatou ao pedido de prisão temporária diante das provas apresentadas pelo inquérito policial. Embora o depoimento oficial tenha durado cerca de duas horas e meia, Diogo optou em não sanar dúvidas questionadas pelos policiais, como a última vez que tinha visto Andriele, a ausência de pedaços do estofado do carro dele e ainda de quem seriam as marcas de sangue deixadas no banco traseiro do veículo.

Depois do interrogatório sem respostas, o policial foi levado para exames e outros procedimentos não confirmados pela polícia. Também, não há informação concreta sobre onde o policial deve permanecer preso, cumprindo a medida judicial. No entanto, há especulações, de que o suspeito pelo sumiço da jovem seja encaminhado ao Complexo Médico Penal, em Pinhais, também na região metropolitana de Curitiba, mais conhecido por ter atendimento diferenciado. A escolha seria em função do internamento dele no Hospital Bom Retiro, local onde estava internado desde quinta-feira (9) retrasada.

Jovem

Andriele segue desparecida desde o dia 8 de maio e as investigações apontam que o soldado é o principal suspeito pelo sumiço da jovem. Parte do inquérito relata marcas de sangue no banco traseiro do carro do policial, um Fiat Marea, apreendido pela polícia. Imagens de câmeras de segurança também foram anexadas ao caso.

A família da jovem alega que Diogo não aceitava o fim do casamento e ameaçava a jovem. A estudante, moradora de Colombo, trabalha em uma loja de roupas durante o dia e faz faculdade em Curitiba à noite. O paradeiro dela ainda é desconhecido pela polícia.

BandaB

O post PM é preso pelo desaparecimento de ex- mulher e não diz nada em depoimento apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:PM é preso pelo desaparecimento de ex- mulher e não diz nada em depoimento
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *