Web Statistics
Após protestos, Petrobras anuncia redução do diesel e da gasolina | Gazeta de Rondônia
segunda-feira ,22 outubro 2018

Página Inicial / Brasil / Após protestos, Petrobras anuncia redução do diesel e da gasolina

Após protestos, Petrobras anuncia redução do diesel e da gasolina

Apenas em maio já haviam sido feitos 22 reajustes nos preços dos combustíveis. Ministros de Temer se reúnem para discutir o tema

Após caminhoneiros pararem algumas das principais rodovias do país na segunda (21/5) e nesta terça (22), a Petrobras anunciou uma leve redução nos preços da gasolina (- 2,08%) e do diesel (- 1,54%) nas refinarias. Com a medida, o valor da gasolina cairá de R$ 2,0867 o litro para R$ 2,0433. Já o diesel passará de R$ 2,3716 para R$ 2,3351. Ainda não é possível saber qual será o impacto para o consumidor. Apenas em maio já haviam sido feitos 10 reajustes no diesel e 12 na gasolina.

Na manhã desta terça-feira (22) ocorre uma reunião técnica com a Petrobras para tratar da alta no preço dos combustíveis. O encontro tem a presença do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, além do de Minas e Energia, Moreira Franco, e do presidente da Petrobras, Pedro Parente.

O primeiro encontro para tratar do tema foi no início da noite dessa segunda-feira (21). Convocados por Temer em caráter de urgência, os ministros Moreira Franco, Eliseu Padilha (Casa Civil), Eduardo Guardia, Esteves Colnago (Planejamento) e o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, reuniram-se no Palácio do Planalto.

Caminhoneiros

A reunião da noite de segunda (21) foi convocada como resposta à paralisação por tempo indeterminado deflagrada por caminhoneiros em todo o país. Desde as primeiras horas do dia, a categoria bloqueou rodovias no DF e 18 estados: os profissionais reclamam do reajuste das tarifas do diesel, que encarecem o valor do serviço. Nesta terça (22), novas manifestações foram registradas país afora.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), além do DF, foram registradas interrupções no trânsito devido ao protesto dos caminhoneiros no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Tocantins, Pará, Roraima e Rondônia. O estado com maior número de bloqueios até esse horário era, segundo a PRF, o Paraná (22), seguido por Bahia, com 14.

Com Metropoles e agências

O post Após protestos, Petrobras anuncia redução do diesel e da gasolina apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Após protestos, Petrobras anuncia redução do diesel e da gasolina
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Greve de caminhoneiros faz governo estender vacina contra gripe

Sem transporte ou com pouco combustível, muitas pessoas não conseguiram chegar até os postos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *