Web Statistics
PF faz operação contra grupo que pichava monumentos em Olinda (PE) | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Últimas / PF faz operação contra grupo que pichava monumentos em Olinda (PE)

PF faz operação contra grupo que pichava monumentos em Olinda (PE)

Os investigadores miraram em pessoas que vandalizavam edificações, principalmente no sítio histórico do município norte-americano

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (6/6) a Operação denominada Grapixo. A intenção é desarticular um grupo criminoso dedicado a deterioração de bens públicos e privados protegidos por lei e ato administrativo. Os principais alvos são pichadores que danificaram inúmeras edificações e monumentos urbanos na cidade de Olinda, em Pernambuco, especialmente no Sítio Histórico.

Seis equipes cumpriram seis mandados de busca e apreensão no município pernambucano com o objetivo de arrecadar e apreender material comprobatório para subsidiar as investigações que estão em andamento. Em seguida, os investigados serão interrogados e indiciados em virtude de destruir, inutilizar ou deteriorar bens. Os delitos são previstos nos artigos 62 da Lei 9.605/1998 e artigo 288 do Código Penal. Caso sejam condenados, poderão pegar penas que variam de três meses a três anos de reclusão.

As investigações da Polícia Federal tiveram início em fevereiro deste ano e marcam o início de um ciclo de restauração de danos ambientais, patrimoniais, urbanísticos e culturais causados à região Metropolitana do Recife e de conscientização de parte expressiva da juventude pernambucana.
Boa parte das pichações são assinaturas estilizadas, conhecidas como “tags”, marcas pessoais criadas para serem registradas em diversos lugares, muitos de difícil acesso e até mesmo perigosos, como espécies de troféus a serem exibidos no meio dos vândalos.

Durante a apuração, observou-se que a atividade é geralmente praticada durante as madrugadas, por grupos compostos, em sua maioria, por jovens do sexo masculino, que disputam o reconhecimento e respeito entre seus pares. Os pichadores costumam se reunir periodicamente em determinados pontos das cidades para troca de assinaturas e planejamento de novas ações em busca da conquista de “novos territórios”.

Monumentos protegidos
No caso do Sítio Histórico de Olinda e entorno, a situação não se mostra diferente. Residências, estabelecimentos comerciais, prédios públicos, muros, praças, pontes, monumentos e até mesmo igrejas não são poupados pelos grupos criminosos, que insistem em sujar e avariar o patrimônio alheio, inclusive a própria história e cultura locais.

Em 1968, o Sítio Histórico de Olinda foi tombado como conjunto arquitetônico, urbanístico e paisagístico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e, desde então, vem acumulando normativas de proteção federal (Com informações da Polícia Federal).

Fonte: metropoles

O post PF faz operação contra grupo que pichava monumentos em Olinda (PE) apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:PF faz operação contra grupo que pichava monumentos em Olinda (PE)
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

População carcerária quase dobrou em dez anos

Presos enfrentam superlotação e violação de direitos “Sou condenado à morte por doenças crônicas, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *