Web Statistics
PT adia candidaturas para atrair aliados e tentar conter Ciro | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Últimas / PT adia candidaturas para atrair aliados e tentar conter Ciro

PT adia candidaturas para atrair aliados e tentar conter Ciro

Objetivo é ganhar tempo para costurar alianças e impedir que o ex-ministro se torne principal alternativa de esquerda. Petistas miram apoio do PSB

A Executiva Nacional do PT decidiu, na noite de terça-feira, 5, prorrogar a definição das candidaturas estaduais e nacional do partido. O objetivo é ganhar tempo para negociar uma aliança nacional com possíveis aliados, especialmente o PSB, e evitar que estes partidos reforcem a pré-candidatura do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) à Presidência.

A decisão ocorreu poucas horas depois de uma reunião entre a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o presidente do PSB, Carlos Siqueira.

Depois do encontro, os petistas voltaram a acreditar na possibilidade de uma aliança com os pessebistas com base em acertos estaduais. PT e PSB negociam apoios mútuos em 11 Estados (PE, MG, BA, CE, AP, AM, PB, AC, PI, ES e RO). Embora o PT mantenha publicamente o discurso de manutenção da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso há dois meses em Curitiba, a prorrogação do calendário dá tempo à construção de uma alternativa.

As chaves para o entendimento são Pernambuco, onde o PSB quer apoio para a reeleição de Paulo Câmara, e Minas Gerais, em cuja disputa estadual o PT quer o apoio dos socialistas ao atual governador, Fernando Pimentel.

Com a decisão da Executiva, o PT pernambucano é obrigado a adiar pela segunda vez o encontro estadual que vai decidir entre o apoio a Câmara e a candidatura própria da vereadora Marília Arraes, que estava marcado para domingo. Estimativas internas apontavam para a possibilidade de vitória de Marília, o que inviabilizaria a aliança nacional com o PSB.

A reunião entre as cúpulas, na terça, também renovou a esperança do PT de contar com o apoio do PSB em Minas, diante do avanço da pré-candidatura ao governo do ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB).

“Respeitamos a postulação do ex-prefeito, mas não haveria nenhum tipo de anormalidade em uma aliança do PT com o PSB em Minas”, disse o deputado Odair Cunha (PT-MG). Dirigentes petistas cogitam oferecer a Lacerda vaga de vice na chapa presidencial.

A resolução da Executiva do PT diz que as pré-candidaturas estaduais estão mantidas “até que as tratativas com os demais partidos sejam acordadas” e cita explicitamente o nome de Marília Arraes. No entanto, a resolução deixa claro que todas decisões estaduais estão subordinadas à eleição presidencial. Um dos principais objetivos do partido, hoje, é evitar o isolamento.

Além disso, o PT quer evitar que PSB e PCdoB embarquem na candidatura de Ciro e transformem o presidenciável do PDT na principal alternativa eleitoral da esquerda. “O PT fará de tudo para viabilizar uma aliança nacional com PSB e PCdoB”, disse o deputado José Guimarães (PT-CE), líder da minoria na Câmara.

Fonte: veja

O post PT adia candidaturas para atrair aliados e tentar conter Ciro apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:PT adia candidaturas para atrair aliados e tentar conter Ciro
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

População carcerária quase dobrou em dez anos

Presos enfrentam superlotação e violação de direitos “Sou condenado à morte por doenças crônicas, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *