Web Statistics
Recém-nascida sobrevive após ser enterrada viva pela bisavó no MT | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Últimas / Recém-nascida sobrevive após ser enterrada viva pela bisavó no MT

Recém-nascida sobrevive após ser enterrada viva pela bisavó no MT

Bisavó da menina indígena foi presa após confessar a autoria do crime; polícia suspeita que família tentou matar a recém-nascida por causa da idade da mãe, de 15 anos, e porque o pai não assumiu a paternidade da criança

Uma bebê recém-nascida foi resgatada nessa terça-feira (5) por policiais da cidade de Canarana, no Mato Grosso, depois de ser enterrada viva nos fundos da casa de sua família. Segundo informações do Governo estadual, a menina é da etnia indígena Tamayura e foi enterrada pela bisavó, que acreditava que a criança estava morta, até ser encontrada sete horas depois.

O caso foi notificado por uma das enfermeiras da Casai (Casa de Saúde do Índio), que ficou sabendo da situação ao assumir o expediente e decidiu comunicar a Polícia Judiciária Civil. A princípio, o trabalho das autoridades seria constatar o óbito da recém-nascida , mas quando o buraco apontado pela avó começou a ser escavado, o choro da bebê pode ser escutado.

“Não dá para descrever a sensação ao começar cavar e ouvir o choro da criança. Deu um desespero para cavar ainda mais depressa, com as mãos, com cuidado” disse o major João Paulo Bezerra do Nascimento. “A bebezinha é tão pequenina, coube nas duas mãos. Tantas horas depois de enterrada, é um milagre”.

Os oficiais que participaram da ação filmaram alguns momentos do resgate e publicaram nas redes sociais da Polícia Militar. Assista ao vídeo aqui.

A criança foi levada ao Hospital Regional de Água Boa, a 90 km de Canarana, onde exames revelaram que a menina está com distúrbio de coagulação e hipotermia grave. Por conta do diagnóstico, a equipe médica decidiu que a bebê devia ser transferida para a UTI Neonatal da Santa Casa de Cuiabá, o que aconteceu na noite da última quarta-feira (6). Ela permanece internada em estado grave.

Detalhes do caso da recém-nascida
A mãe da menina é uma jovem de 15 anos, identificada como M.P.T, que deu à luz no banheiro de sua casa na terça-feira (5), quando a família declarou acreditar que a bebê estava morta. “O pai do bebê, K.K, não teria assumido a paternidade e já estaria morando em outra aldeia com outra índia”, explicou o major.

Tanto a mãe quanto a avó, T.K, foram ouvidas e liberadas pela Polícia Civil, sendo que, em um primeiro momento, esta assumiu ter enterrado a criança e não contado a ninguém “por ser costume da etnia”.

Entretanto, segundo o jornal Correio Braziliense , a avó confessou mais tarde que a autora do crime foi K.A, bisavó da criança, de 57 anos. Como a menina bateu a cabeça no vaso sanitário no momento do parto, teve sangramento e não chorou, a bisavó pensou que ela estava morta, e por isso teria cortado o cordão umbilical e a enterrado no quintal da casa.

Ela foi autuada em flagrante pela Polícia Judiciária Civil de Canarana e permanece detida preventivamente por enterrar a bisneta recém-nascida . O Ministério Público está investigando o caso e as autoridades supeitam que, pela mãe ter apenas 15 anos e o pai não ter assumido a paternidade, a família pode ter tentado matar a bebê.

Fonte: ig

O post Recém-nascida sobrevive após ser enterrada viva pela bisavó no MT apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Recém-nascida sobrevive após ser enterrada viva pela bisavó no MT
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Comissão especial aprova novas regras para criação de municípios

O projeto de lei complementar já foi aprovado no Senado e pode ser votado no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *