Web Statistics
Depois de nascer sem órgão sexual, homem ganha ‘pênis biônico’ | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Últimas / Depois de nascer sem órgão sexual, homem ganha ‘pênis biônico’

Depois de nascer sem órgão sexual, homem ganha ‘pênis biônico’

O novo órgão sexual foi feito a partir da pele, músculos e nervos do braço esquerdo e da veia da perna direita

Na última sexta-feira, Andrew Wardle, britânico de 44 anos, passou por uma cirurgia de implante para receber um “pênis biônico”. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, Wardle nasceu com um defeito congênito conhecido com extrofia vesical de bexiga, má formação que atinge a uretra e a bexiga, que fica exposta para fora do abdômen. Para consertar o defeito, ele foi submetido a uma faloplastia peniana – geralmente utilizada para aumentar o tamanho do pênis.

“Eu passei 44 anos sem ter um órgão sexual. Pulei várias etapas importantes da vida de um adolescente, como perder a virgindade, por exemplo. Apesar de estar muito animado, eu não tenho pressa. Creio que demorarei um tempo até me acostumar com isso. Mas estou feliz, e agora sou diferenciado, quase um ciborgue”, disse, brincando.

Extrofia vesical de bexiga

Por causa da extrofia vesical de bexiga, a uretra e genitália de Wardle não se formaram completamente. Durante a infância, os médicos conseguiram mover a bexiga para dentro de seu corpo, mas ela era muito pequena e ele estava propensos a infecções, o que o levava ao hospital regularmente. Para corrigir o defeito congênito, ele passou por 15 cirurgias, uma delas para criar uma aberturar artificial que serviria de tubo urinário.

O drama de Wardle afetou outros aspectos da sua vida — sua mãe o deu para a adoção ainda bebê mas ele só foi adotado 18 anos depois.

Pênis biônico

O ‘pênis biônico’, nome dado por Wardle, foi criado a partir da pele, músculos e nervos do braço esquerdo e da veia da perna direita. Antes de receber o implante, o britânico passou por outros procedimentos cirúrgicos em 2014, nos quais ele removeu a bolsa de urostomia (local onde a urina era armazenada) e implantou um cateter para dar a ele maior praticidade na hora de fazer as necessidades fisiológicas.

Depois de passar pela cirurgia, Wardle disse estar satisfeito e animado para o futuro. “Um cirurgião americano me disse que eu sou o dono do pênis mais caro do mundo agora.  Estou muito satisfeito com o procedimento e com a assistência médica que recebi”, concluiu.

Fonte: veja

 

O post Depois de nascer sem órgão sexual, homem ganha ‘pênis biônico’ apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Depois de nascer sem órgão sexual, homem ganha ‘pênis biônico’
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Boabaid apela para dancinha e ‘La Casa de Papel’

O Candidato Jesuíno Boabaid resolveu escrachar em sua campanha a reeleição e colocou o bloco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *