Web Statistics
Deviam implodir os viadutos – Professor Nazareno | Gazeta de Rondônia
terça-feira ,18 dezembro 2018
Página Inicial / Últimas / Deviam implodir os viadutos – Professor Nazareno

Deviam implodir os viadutos – Professor Nazareno

Culpa dos próprios habitantes e também da infame classe política

Porto Velho é uma das piores cidades do Brasil para se viver. Isto é fato. Desde muito tempo o Instituto Trata Brasil mostra esta capital como sendo a pior do país em saneamento básico e água tratada. O lixo esparramado no meio das ruas, a falta de praças, de recantos de lazer e de jardins floridos completam o cenário dantesco da capital de Rondônia. E como se não bastasse esse “inferno na terra”, aqui falta também mobilidade urbana. Isso mesmo: uma cidade de pouco mais de 500 mil habitantes não consegue dar a seus moradores tranquilidade para se locomover. A capital há muito tempo já não tem linhas regulares e eficientes de coletivos para transportar seus cidadãos. Alguns ônibus velhos, sujos, atrasados e enferrujados circulam aleatoriamente pelas ruas e bairros.

Culpa dos próprios habitantes e também da infame classe política.

Para piorar ainda mais esse contexto de terra arrasada que é Porto Velho, a classe política local, incentivada por pessoas simplórias e ignorantes, resolveu construir vários viadutos. Só que iniciaram e pararam por mais de dez anos. Muito tempo depois, deram continuidade às obras e agora, em plena época de eleições, começaram a ser inauguradas. Os trambolhos malditos infernizaram a nossa vida e tudo ficou por isso mesmo. Pior: o elevado da BR 364 com a Avenida Campos Sales, que teve sua inauguração questionada pela PRE, Procuradoria Regional Eleitoral, bateu todos os recordes de estupidez, falta de bom senso e também de mobilidade urbana. Além de estar projetada ao contrário, a polêmica obra piorou a locomoção dos moradores de pelo menos dois dos bairros da zona sul desta capital: o Tucumanzal e o São João Batista.

É bem capaz que os projetistas do “elefante branco” tenham raciocinado que nestes bairros só residem pessoas pobres. Quem mora na zona sul da cidade e tem parentes nos bairros citados ou vice-versa só perde com este arremedo de viaduto. Não há como visitar seus familiares sem gastar mais tempo e gasolina. O jeito agora é ir a pé mesmo. O itinerário aumentou em mais de 100 por cento para os infelizes. O “viaduto” infernizará suas vidas para sempre. A volta que se dará para chegar ao Tucumanzal é absurda. E para quem mora no bairro em frente, o São João Batista, o caos ficou ainda pior. Se quiser ir ao “açougue” João Paulo Segundo, deve fazer o contorno pelo antigo Trevo do Roque. Já pensou numa emergência? Têm que IMPLODIR aquilo ali. Traria mais tranquilidade, economia, conforto e mobilidade para os moradores das adjacências.

E pensar que tudo isto poderia ter sido evitado. A zona sul de Porto Velho tem mais de 100 mil habitantes e apenas uma entrada e uma saída. Por isso que existe tanto congestionamento. Era só ter criado uma ou duas novas ruas ligando o centro da cidade direto à Avenida Jatuarana sem passar pela Campos Sales ou pela BR 364, ali perto da Escola João Bento da Costa. Parece que não há bons arquitetos por aqui. Ou então a classe política não iria aceitar, pois construir viadutos deve ter verbas maiores. O governador Daniel Pereira deveria comprar toneladas de dinamites para implodir não só esses viadutos imprestáveis, mas também a ponte escura e inútil do rio Madeira e várias outras obras desnecessárias que só pioraram a já caótica vida dos nossos moradores.

Eu implodiria as Três Caixas d’Água.

Rondônia tem que começar de novo. Com novos políticos e administradores. E um novo povo. Será que vão mudar tudo nestas eleições?

*É Professor em Porto Velho

O post Deviam implodir os viadutos – Professor Nazareno apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Deviam implodir os viadutos – Professor Nazareno
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Senac oferece novo curso “Cartões Natalinos”

O natal está chegando! Que tal presentear amigos e parentes de perto ou de longe …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *