Web Statistics
Justiça nega pedido de liberdade para suspeito de matar caminhoneiro a pedrada em RO | Gazeta de Rondônia
quarta-feira ,19 setembro 2018

Página Inicial / Últimas / Justiça nega pedido de liberdade para suspeito de matar caminhoneiro a pedrada em RO

Justiça nega pedido de liberdade para suspeito de matar caminhoneiro a pedrada em RO

Defesa informou que decisão não é definitiva e que vai aguardar o julgamento do mérito. Willians continua preso na Casa de Detenção de Vilhena.

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) negou o pedido de liminar em habeas corpus impetrado pela defesa de Willians Maciel Dias. Ele é suspeito de matar o caminhoneiro José Batistela com uma pedrada, na BR-364, em Vilhena (RO). O advogado José Francisco Cândido informou que a decisão não é definitiva e que vai aguardar o julgamento do mérito.

A defesa pediu a revogação da prisão preventiva de Willians Maciel e argumentou que “não estão presentes os requisitos da preventiva, nada indicando que tentará fugir à eventual responsabilidade criminal ou que sua liberdade implique em risco à aplicação da lei ou à ordem pública”.

Já o desembargador Valter de Oliveira avaliou que os elementos apresentados pela defesa são insuficientes para revogar a prisão no momento.

Oliveira ainda ressaltou que “a concessão de liminar em habeas corpus é medida excepcional, que exige a constatação de inequívoca ilegalidade, o que não vislumbro no caso ora analisado”.

Com isso, o desembargador indeferiu o pedido de liminar e solicitou informações à 1ª Vara Criminal, que já foram prestadas e encaminhadas à Procuradoria-Geral de Justiça, para emissão de parecer.

O pedido de liminar é uma decisão em caráter de urgência, quando são avaliados requisitos superficiais do processo. Nesse momento, a decisão é provisória. Já no julgamento do mérito, são analisados os argumentos apresentados e as informações colhidas para pronunciamento de decisão final.

Nessa ocasião, o relator apresenta o voto com a decisão e os outros dois desembargadores da Câmara Criminal podem acompanhar ou divergir do voto. O julgamento do mérito ainda não tem data marcada.

O advogado José Francisco continua sustentando que o cliente possui todos os requisitos para responder ao processo em liberdade.

Fonte: g1

O post Justiça nega pedido de liberdade para suspeito de matar caminhoneiro a pedrada em RO apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Justiça nega pedido de liberdade para suspeito de matar caminhoneiro a pedrada em RO
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Palacianos e militantes do PSB querem substituição de Acir Gurgacz por Daniel Pereira ou Jesualdo Pires

RESENHA POLÍTICA – ROBSON OLIVEIRA PESQUISA – Toda divulgação de pesquisa de opinião que mensura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *