Página Inicial / Últimas / Usuários mais populares do Twitter perdem em média 2% de seguidores após mudança de política

Usuários mais populares do Twitter perdem em média 2% de seguidores após mudança de política

Twitter eliminou contas ‘bloqueadas’ da contagem de seguidores

Uma mudança de política do Twitter para aumentar a credibilidade do serviço custou aos 100 usuários mais populares da rede social a perda na quinta-feira (12) de cerca de 2% de seus seguidores em média, disse a firma de dados de mídia social Keyhole.

O Twitter não está mais contando como seguidores contas que tenham sido bloqueadas por causa de suspeita de fraude, informou o presidente-executivo Jack Dorsey na quinta-feira. As contas bloqueadas já haviam sido mantidas fora dos números de usuários ativos diários e mensais do Twitter.

As contas são bloqueadas se o Twitter detectar comportamentos incomuns, como uma explosão de atividade após meses de inatividade.

A nova política pode ser importante para alguns usuários do Twitter, porque os seguidores totais servem como referência quando celebridades e os chamados influenciadores de mídia social negociam acordos com anunciantes. Para outros usuários, o número de seguidores é uma questão de orgulho.

Com a entrada em vigor da mudança, a conta “@Twitter” do Twitter perdeu 12,4% de seus seguidores em comparação com a quarta-feira, a maior queda entre as 100 maiores contas por seguidores, segundo dados da Keyhole.

O empresário do setor de tecnologia Elon Musk viu o menor declínio, 0,3%, ou cerca de 71 mil seguidores. O declínio médio das top 100 contas foi de cerca de 734 mil seguidores, de acordo com os dados. O Twitter disse que a queda média (por conta) para todo o serviço deve ser de quatro seguidores.

Twitter recusou-se a fornecer dados adicionais. A Keyhole é especializada em capturar dados do Twitter e Instagram e vender relatórios para empresas.

A artista de música pop Katy Perry, cuja conta é a mais seguida, perdeu mais de 2,8 milhões de seguidores na quinta-feira, uma queda de 2,6% em relação ao dia anterior. Outros músicos no top 100, incluindo Pink, Mariah Carey, Britney Spears e Eminem, tiveram quedas de mais de 3%.

Analistas financeiros aplaudiram os esforços do Twitter para melhor limitar o uso indevido, dizendo que isso pode levar a um maior uso da rede social no longo prazo.

Fonte: g1

O post Usuários mais populares do Twitter perdem em média 2% de seguidores após mudança de política apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Usuários mais populares do Twitter perdem em média 2% de seguidores após mudança de política
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

“Médico das celebridades” é condenado por abuso sexual de pacientes, em SP

O nutrólogo Abib Maldaun Neto (foto em destaque) era uma celebridade em sua área até …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *