Web Statistics
Dez crianças brasileiras permanecem em abrigos nos EUA, diz Itamaraty | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Últimas / Dez crianças brasileiras permanecem em abrigos nos EUA, diz Itamaraty

Dez crianças brasileiras permanecem em abrigos nos EUA, diz Itamaraty

Outros 39 menores brasileiros foram reunidos com seus pais ou responsáveis nas últimas duas semanas.

Dez crianças brasileiras que foram separadas de seus pais ao entrarem ilegalmente nos Estados Unidos continuam em abrigos americanos, divulgou nesta quinta-feira (26) o Itamaraty. Quatro dos menores brasileiros estão em centros de Chicago e seis, nos de Houston.

Em nota, o Itamaraty informa também que 39 menores brasileiros deixaram os abrigos e foram reunidos com seus pais ou responsáveis nas últimas duas semanas.

Ainda segundo o órgão, há “vários outros” processos administrativos de reunificação familiar em fase final, que estão sendo acompanhados pelos consulados brasileiros.

Em abril deste ano, o governo americano passou a separar crianças dos pais que entravam ilegalmente no país pela fronteira com o México. Os adultos eram levados a prisões e os menores a abrigos. A medida causou polêmica e, em junho, Trump assinou uma ordem para acabar com a separação de famílias.

O governo brasileiro afirma na nota que “tem feito chegar ao governo norte-americano, em diferentes momentos, seu firme desagrado com uma prática que considera cruel e em franca violação de instrumentos internacionais de proteção aos direitos das crianças”.

Também informa que a maioria das famílias afetadas têm interesse de ficar nos Estados Unidos. “Escapa, obviamente, à competência do governo brasileiro obrigar crianças e familiares a retornarem ao Brasil. A maioria expressiva manifesta o interesse de permanecer nos Estados Unidos, ainda que para isso tenha de aguardar decisão das autoridades locais”, diz.

“No caso dos poucos que optam pelo retorno voluntário, seus processos têm ocorrido segundo os protocolos estipulados pela lei americana, com o acompanhamento atento das repartições consulares, que colaboram na intermediação entre as partes envolvidas e auxiliam na juntada da documentação necessária”, afirma a nota.

Processo em corte da Califórnia
O governo norte-americano tinha até este 26 de julho para reunir 2.551 crianças de 5 a 17 anos de idade que foram separadas de seus pais. No último sábado, o governo divulgou que tinha conseguido reunir 450 crianças dessa faixa de idade até a última sexta-feira.

O prazo foi estabelecido pelo juiz federal Dana Sabraw, de uma corte em San Diego, na Califórnia, onde corre um processo contra o governo americano. Representantes da administração Trump devem apresentar à corte até o fim desta quinta um balanço atual do processo de reunificação das famílias.

O processo é uma ação coletiva em nome dos pais que foram separados dos seus filhos. Ele foi aberto a pedido da União Americana de Liberdades Civis (ACLU), uma entidade pró-direitos civis nos EUA. Nesta sexta, está prevista uma audiência com os dois lados.

No último dia 10, terminou o prazo para que o governo reunisse as crianças menores de 5 anos que foram separadas de seus pais ao cruzar a fronteira. Nessa faixa de idade, 57 do total de 103 crianças foram reunidas com suas famílias. As outras 46 não passaram pela reunificação, porque, segundo o governo, não se encaixaram nos critérios legais para que isso ocorresse.

Fonte: g1

O post Dez crianças brasileiras permanecem em abrigos nos EUA, diz Itamaraty apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Dez crianças brasileiras permanecem em abrigos nos EUA, diz Itamaraty
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Diretores de autarquias de RO estão preocupados em serem sabatinados por deputados

Assessores passam a atacar parlamentares em redes sociais para tentar criar animosidade com a população …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *