Web Statistics
Advogada pode ter sido asfixiada antes de ser jogada de prédio | Gazeta de Rondônia
Página Inicial / Últimas / Advogada pode ter sido asfixiada antes de ser jogada de prédio

Advogada pode ter sido asfixiada antes de ser jogada de prédio

Marido foi detido horas depois da morte de Tatiane – dia 22 de julho – em uma estrada em São Miguel do Iguaçu

O Ministério Público do Paraná deve oferecer nesta segunda-feira, 6, denúncia à Justiça contra o professor de Biologia Luiz Felipe Manvailer, 32 anos, suspeito de ter jogado a advogada Tatiane Spitzner, 29 anos, do quarto andar do prédio onde moravam, em Guarapuava (257 quilômetros de Curitiba).

Manvailer foi detido horas depois da morte de Tatiane – dia 22 de julho – em uma estrada em São Miguel do Iguaçu, a caminho de Foz do Iguaçu, e pode ser enquadrado no crime de feminicídio.

Segundo reportagem exibida no programa Fantástico, na noite de domingo, os laudos periciais mostram que a advogada teve “fratura do pescoço típica de esganadura”. Com isso, aumenta a suspeita de que Manvailer a tenha asfixiado.

Manvailer, que está detido em Guarapuava, teve sua situação agravada após a liberação de imagens do prédio, à qual aparece agredindo a mulher por cerca de 20 minutos. A defesa do professor, porém, está no aguardo de todas as imagens e resultados da perícia.

“(A defesa) Permanece no aguardo do resultado de exames periciais no corpo da vítima, no apartamento do casal, nas câmeras de segurança, nos smartphones, computadores e HDs apreendidos e na realização de reprodução simulada dos fatos com a participação do acusado”, informou em nota no final de semana.

O post Advogada pode ter sido asfixiada antes de ser jogada de prédio apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Advogada pode ter sido asfixiada antes de ser jogada de prédio
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Eleito pelo NOVO pregando “fim dos privilégios”, Zema faz 1 viagem aérea a cada 5 dias no governo de MG

O hoje governador Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais, fez campanha eleitoral criticando duramente o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *