Web Statistics
Trabalhadores do transporte coletivo entram em greve em Porto Velho | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Últimas / Trabalhadores do transporte coletivo entram em greve em Porto Velho

Trabalhadores do transporte coletivo entram em greve em Porto Velho

Paralisação foi ocasionada por problemas salariais. Informação foi confirmada pela Secretaria Trânsito Mobilidade e Transporte (Semtran).

Os trabalhadores do transporte coletivo de Porto Velho entraram em greve na manhã desta quarta-feira (8). A paralisação por tempo indeterminado, foi ocasionada por problemas salariais junto ao Consórcio Sistema Integrado Municipal (Sim). A informação foi confirmada pela Secretaria Trânsito Mobilidade e Transporte (Semtran).

De acordo com a secretaria, a greve foi deflagrada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo (Sitetuperon), por problemas de negociação salarial. A Semtran também informou que não foi avisada previamente sobre a paralisação.

Os grevistas estão concentrados na sede do sindicato, na Rua 11, entre as avenidas Rio de Janeiro e Alexandre Guimarães, no bairro Agenor de Carvalho.

Posicionamento do sindicato

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transportes Coletivo Urbano (Sitetuperon), Francinei Oliveira, afirmou que o Consórcio SIM suspendeu o reajuste de 4% dado aos trabalhadores e ainda descontou, de uma única vez, os valores, relativos ao aumento, pagos nos últimos quatro meses.

“Voltaremos ao trabalho assim que a empresa revogar a medida e pagar o que foi descontado dos trabalhadores”, explicou o sindicalista.
Com o aumento, profissionais que recebiam R$ 1.125,00 passaram a receber R$ 1.170,00. Ainda segundo Francinei Oliveira, a manhã desta quarta-feira (8) começou com 100% da frota da capital paralisada.

“Além de retornar o salário antigo, com o desconto do que foi pago, esses profissionais receberam menos de R$ 900”, salientou.

O sindicato diz que conversou com a direção do SIM e, de acordo com o Sitetuperon, o consórcio alega que está tendo prejuízo com o contrato feito junto a prefeitura e por isso teve que suspender o aumento dado aos trabalhadores.

O G1 entrou em contato com a assessoria do Consórcio SIM, mas não obteve retorno.

Essa é a segunda paralisação do transporte coletivo em menos de um mês. No dia 10 de julho os trabalhadores fizeram protesto ao serviço de “Táxi Compartilhado”, na capital.

Fonte: g1

O post Trabalhadores do transporte coletivo entram em greve em Porto Velho apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Trabalhadores do transporte coletivo entram em greve em Porto Velho
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Pagamento dos servidores estaduais é antecipado para esta terça-feira em RO

De acordo com a Secretaria de Estado de Finanças (Sefin) a dívida do Beron, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *