Web Statistics
Xamã é acusado de manter mulher presa em caverna por 15 anos na Indonésia | Gazeta de Rondônia
terça-feira ,18 setembro 2018

Página Inicial / Últimas / Xamã é acusado de manter mulher presa em caverna por 15 anos na Indonésia

Xamã é acusado de manter mulher presa em caverna por 15 anos na Indonésia

Polícia diz que homem a capturou quando ela tinha 13 anos; ele abusava sexualmente dela e a manteve presa alegando estar possuído por espírito.

A polícia de Celebes, ilha na Indonésia, diz que libertou uma mulher de 28 anos que foi mantida presa por 15 anos em uma caverna pelo xamã de um vilarejo.

O homem de 83 anos é suspeito de tê-la sequestrado quando ela tinha 13 e de ter feito uma lavagem cerebral na menina, fazendo-a acreditar que ele era possuído por um espírito.

Ele é suspeito de ter abusado sexualmente dela por mais de uma década.

De acordo com a imprensa local, o homem, que se chama Jago, era conhecido como curandeiro e de praticar feitiçaria.

A polícia diz que, em 2003, a menina, então com 13 anos, foi levada a ele pela própria família, para que ele tratasse dela, e ela acabou ficando.

O homem de 83 anos ficará preso por 15 anos se for condenado – POLÍCIA INDONÉSIA

Logo depois, ela desapareceu. Segundo a imprensa local, o xamã disse para a família que ela havia se mudado para Jacarta, a capital da Indonésia, em busca de trabalho.

Os parentes tentaram encontrá-la por anos, mas depois de um tempo ela foi considerada desaparecida.

No domingo, após uma denúncia, a polícia fez uma busca nos arredores do vilarejo, em Galumpang, no centro da ilha, e a mulher num pequeno espaço atrás de rochas.

Imagens divulgadas pela polícia mostram que havia alguns móveis na caverna, que ficava perto da casa do xamã.

O chefe de polícia local disse que o homem estuprava a menina desde que ela tinha 13 anos e mostrava para ela uma foto de um espírito que supostamente o tomava.

Ele disse que ela podia ficar na casa dele durante a noite, mas, de dia, era forçada a ficar na caverna.

“Parece que ele fez uma lavagem cerebral na vítima, deixou ela com medo de fugir e de encontrar outras pessoas porque ela estaria sendo vista pelo espírito”, disse um morador do vilarejo ao Jakarta Post.

O suspeito corre o risco de ser condenado a 15 anos de prisão.

Fonte: bbc

 

O post Xamã é acusado de manter mulher presa em caverna por 15 anos na Indonésia apareceu primeiro em Painel Político.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Xamã é acusado de manter mulher presa em caverna por 15 anos na Indonésia
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Urgente: jovem de 22 anos é encontrada morta ao lado do túmulo do marido

De acordo com a polícia, Edvania Calixto estava desaparecida desde a tarde de ontem (11) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *