Web Statistics
Justiça do Rio manda soltar Doutor Bumbum | Gazeta de Rondônia

Página Inicial / Últimas / Justiça do Rio manda soltar Doutor Bumbum

Justiça do Rio manda soltar Doutor Bumbum

Cirurgião Denis Furtado responde a processo por homicídio doloso duplamente qualificado da bancária Lilian Calixto, e associação criminosa

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Doutor Bumbum , deixará a prisão, no Rio de Janeiro, ainda nesta quarta-feira (30). O cirurgião, que foi preso no ano passado, só aguarda a chegada do seu alvará de soltura ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do estado.

A decisão de soltar o Doutor Bumbum foi tomada pelos desembargadores da 7ª Câmara Criminal do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (29). Denis estava preso preventivamente desde julho do ano passado, acusado de ser o responsável pela morte da bancária Lilian Calixto, ocorrida no mesmo mês, após a realização de um procedimento estético.

Em seu habeas corpus, os magistrados resolveram substituir a prisão por medidas cautelares como a proibição de deixar o Rio de Janeiro sem autorização da Justiça e de sair de casa à noite. O médico também deverá se apresentar periodicamente à Justiça e não poderá manter contato com outros investigados no caso.

Por sua vez, Denis Furtado nega as acusações . Ele afirma que, após o procedimento, Lilian estava lúcida e andando. O médico também afirmou que o local onde foi feita a cirurgia, a cobertura onde mora e para onde vai voltar agora com o habeas corpus, tinha condições adequadas para o procedimento, chamada de bioplastia .

Atualmente, o cirurgião amplamente conhecido nas redes sociais responde a processo por homicídio doloso duplamente qualificado e associação criminosa. Também são rés no mesmo processo a mãe dele, Maria de Fátima Barros Furtado, que também é médica; a secretária Renata Fernandes e a técnica de enfermagem Rosilane Pereira da Silva.

De acordo com o Ministério público, Lilian Calixto saiu de Cuiabá para fazer a bioplastia nos glúteos, na capital fluminense. O procedimento foi realizado no apartamento de Denis e, mais tarde, Lilian teve complicações e foi socorrida pelo próprio Denis para um hospital particular também na Barra.

Ele a deixou na unidade e foi embora em seguida . Lilian chegou em estado extremamente grave, mas ainda com vida, ao hospital. Ela foi atendida, mas não respondeu às manobras de recuperação e morreu horas depois. O procedimento com o Doutor Bumbum teria custado R$ 20 mil à bancária.

* Com informações da Agência Brasil.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Justiça do Rio manda soltar Doutor Bumbum
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Morre aos 83 anos o Arcepisbo de Porto Velho Dom Moacyr Grecchi

O arcebispo emérito de Porto Velho Dom Moacyr Grechi morreu nesta segunda-feira aos 83 anos. Ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *