Página Inicial / Últimas / Venezuela suspende negociações com oposição após aliado de Maduro ser extraditado para os EUA

Venezuela suspende negociações com oposição após aliado de Maduro ser extraditado para os EUA

Um empresário foragido acusado de atuar como lavador de dinheiro do regime do presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, foi extraditado de Cabo Verde para os Estados Unidos no sábado, informaram autoridades da justiça norte-americana.

O Departamento de Justiça disse em comunicado que Alex Saab deveria comparecer a um tribunal na Flórida na segunda-feira e expressou “admiração” às autoridades de Cabo Verde pela ajuda no caso. A informação é da Gazeta Brasil.

A Venezuela reagiu furiosamente, suspendendo as negociações com a oposição apoiada pelos EUA sobre o fim da crise política e econômica do país.

Saab, de nacionalidade colombiana, e seu sócio, Alvaro Pulido, são acusados ​​nos Estados Unidos de administrar uma rede que explorava a ajuda alimentar destinada à Venezuela, uma nação rica em petróleo e mergulhada em uma crise econômica aguda.

Eles teriam transferido US $ 350 milhões da Venezuela para contas que controlavam nos Estados Unidos e em outros países. Eles correm o risco de até 20 anos de prisão.

Saab, que também tem nacionalidade venezuelana e passaporte diplomático venezuelano, foi indiciado em julho de 2019 em Miami por lavagem de dinheiro e foi preso durante uma escala de avião em Cabo Verde, na costa da África Ocidental, em junho de 2020.

A oposição da Venezuela descreveu Saab como um frontman que faz negociações duvidosas para o regime socialista populista de Maduro.

O presidente colombiano, Ivan Duque, elogiou a extradição de Saab.

“A extradição de Alex Saab é um triunfo na luta contra o narcotráfico, a lavagem de ativos e a corrupção que a ditadura de Nicolas Maduro fomentou”, tuitou Duque.

O líder da oposição venezuelana Juan Guaido , que é reconhecido como presidente interino do país pelos Estados Unidos e por mais de 50 outros países, também saudou a medida.

“Nós, venezuelanos, que há anos vemos justiça sequestrada, respeitamos e celebramos o sistema de justiça em países democráticos como Cabo Verde”, tuitou

Em um desenvolvimento não oficialmente vinculado à extradição da Saab, logo após a notícia da extradição, seis ex-executivos do petróleo em prisão domiciliar por corrupção na Venezuela foram levados para uma prisão não revelada.

Eles haviam trabalhado para a Citgo, uma subsidiária com sede nos Estados Unidos da estatal petrolífera PDVSA. Cinco dos seis têm nacionalidade americana e o outro é residente permanente dos Estados Unidos.

“Detidos americanos na Venezuela agora estão sendo usados ​​como peões políticos”, disse o peso-pesado do Partido Democrata dos EUA, Bill Richardson, que liderou uma missão malsucedida à Venezuela para buscar a libertação dos executivos no ano passado.

Richardson administrou negociações internacionais para vários detidos americanos de alto nível.

“Continuaremos a pressionar por sua liberação”, disse ele.

‘Seqüestro’

Cabo Verde concordou no mês passado em extraditar a Saab para os Estados Unidos, apesar dos protestos da Venezuela.

A Venezuela disse que Saab foi sequestrado por Washington.

“A Venezuela denuncia o sequestro do diplomata venezuelano Alex Saab pelo governo dos Estados Unidos em cumplicidade com as autoridades de Cabo Verde”, afirmou o governo de Caracas em nota.

O presidente do Congresso, Jorge Rodriguez, disse que o governo não participará da quarta rodada de negociações com a oposição, que começará no domingo na Cidade do México “como uma expressão profunda do nosso protesto contra a agressão brutal” contra a Saab.

Rodriguez lidera a delegação do governo para as negociações e esperava fazer da Saab um de seus membros até sua prisão.

The post Venezuela suspende negociações com oposição após aliado de Maduro ser extraditado para os EUA appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Venezuela suspende negociações com oposição após aliado de Maduro ser extraditado para os EUA
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Arthur Virgílio está perplexo com a quantidade de apoiadores de Bolsonaro no partido, “o PSDB precisa de uma desbolsonarização”

Durante a votação das prévias do PSDB, Arthur Virgílio (foto) se deu por derrotado, afirmou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *