Página Inicial / Últimas / Em desvantagem nas pesquisas para o Senado, Carlos Eduardo agride adversários e revela a face do “monstro” que a já falecida governadora Wilma de Faria lamentou ter criado

Em desvantagem nas pesquisas para o Senado, Carlos Eduardo agride adversários e revela a face do “monstro” que a já falecida governadora Wilma de Faria lamentou ter criado

A eventual candidatura do deputado federal Rafael Motta (PSB) ao Senado e a vantagem do ex-ministro Rogério Marinho nas pesquisas eleitorais para o Senado, parecem ter tirado do “eixo” o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que também é candidato ao Senado com o apoio da governadora Fátima Bezerra (PT), mesmo sofrendo de enorme rejeição junto a influentes setores do PT, assim como do eleitorado de esquerda “raiz”. Nesta quarta-feira, 11, Alves apontou a metralhadora do ódio para Rogério Marinho, baixando o nível da pré-campanha e acusando o adversário de “ ter a biografia manchada pela corrupção”. A cada dia, Carlos Eduardo mostra que a saudosa ex-governadora Wilma de Faria tinha razão ao dizer que “criou um monstro”, durante uma conversa que teve com a jornalista Micarla de Sousa, que foi vice-prefeita Carlos Eduardo em 2004, período em que foi duramente humilhada por ele.

Ao acusar terceiros de corrupção, o “Senador de Fátima” esquece de olhar o seu passado. Em 2018, o Ministério Público abriu inquérito civil contra ele para investigar o recebimento de propina na forma de doação eleitoral em troca de autorizar o reajuste da tarifa de ônibus em Natal. O empresário Agnelo Cândido, proprietário da empresa de transporte Reunidas, seria o “doador” naquela ocasião.

Também em 2018, já como ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo ficou novamente sob as lupas do Ministério Público ao ser citado em delações premiadas que o envolvia no esquema que ficou conhecido como “Operação Cidade Luz”, que tratava de uma suposto superfaturamento de contratos de iluminação pública.

Nada ficou provado contra o ex-prefeito, da mesma forma que nem Rogério Marinho ou Rafael Motta têm qualquer condenação por atos de corrupção.

O MONSTRO DE WILMA

Em 2020, a ex-vice-prefeita de Carlos Eduardo, a jornalista Micarla de Sousa, resolveu quebrar o silêncio e falar das humilhações que sofreu nas mãos do “monstro” que a ex-governadora Wima Farias disse ter criado, em tom de arrependimento.

Naquela ocasião, Micarla revelou à imprensa que dois dias depois que ajudou a eleger Carlos Eduardo Alves para o seu primeiro mandato como prefeito eleito, foi chamada por ele, que pediu que ela voltasse para a TV Ponta Negra já que na gestão dele não tinha espaço para ela.

Micarla disse na entrevista que telefonou para a então governadora Wilma de Faria e foi conversar com ela, responsável por convidá-la para compor a chapa.

A resposta de Wilma para Micarla teria sido a seguinte: “Criamos um monstro”. Mas na frente, Wilma ocuparia o mesmo lugar de Micarla numa chapa para a Prefeitura de Natal e sofreria a mesma humilhação de Carlos Eduardo.

Até o momento, o ex-prefeito de Natal e hoje pré-candidato ao Senado tem se destacado apenas por suas declarações desastrosas, sem apresentar sequer uma única ideia, proposta ou projeto para o Rio Grande do Norte.

Os ataques têm sido a sua principal plataforma política.

Na atual campanha, está no ar o Carlos Eduardo que em 2012, ao ser questionado pelo jornalista Rafael Duarte sobre sua falta de carisma, respondeu de pronto: “O que é carisma para esse povo? Isso para mim é viadagem”.

Na época a declaração provocou descontentamento em movimentos de combate à homofobia.

Infelizmente, dona Wilma tinha razão: parece mesmo que ela criou um monstro.

The post Em desvantagem nas pesquisas para o Senado, Carlos Eduardo agride adversários e revela a face do “monstro” que a já falecida governadora Wilma de Faria lamentou ter criado appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Em desvantagem nas pesquisas para o Senado, Carlos Eduardo agride adversários e revela a face do “monstro” que a já falecida governadora Wilma de Faria lamentou ter criado
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Haroldo Azevedo desiste da candidatura ao governo do RN, diz blog

O empresário Haroldo Azevedo desistiu de ser candidato ao governo do estado, segundo o blog …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *