terça-feira ,27 fevereiro 2024
Página Inicial / Últimas / Trump já tem cerca de 272 delegados e deve vencer eleições primárias, projeta CNN

Trump já tem cerca de 272 delegados e deve vencer eleições primárias, projeta CNN

O republicano Donald Trump está em uma posição melhor contra o democrata Joe Biden agora do que em qualquer outro momento durante toda a campanha de 2020. O ex-presidente lidera nas pesquisas mais do que a cota com eleitores registrados, inclusive em vários estados decisivos.

Mas parece plausível que essas pesquisas iniciais possam estar subestimando a posição de Biden. Em uma mudança da dinâmica usual esperada, na qual os democratas supostamente se saem melhor com maior comparecimento, Biden pode se beneficiar quando os pesquisadores analisam os prováveis eleitores em vez de todos os eleitores registrados.

Assim, Trump pode se sair melhor em uma eleição na qual o comparecimento seja maior.

Em pesquisa do New York Times/Siena College, divulgada no início deste mês, Trump tinha uma vantagem de 2 pontos entre os eleitores registrados. Biden tinha 2 pontos a mais entre os prováveis eleitores. Ambos estão na margem de erro, mas há uma notável mudança de 4 pontos para Biden ao se compararem os eleitores prováveis e registrados.

Outro pesquisador encontrou algo semelhante, já que a média das duas últimas pesquisas da Faculdade de Direito da Universidade de Marquette mostrou que o ex-presidente subiu 4 pontos entre os eleitores registrados, enquanto Biden e Trump estavam empatados entre os prováveis eleitores.

Assim como nos dados do Times, essa é uma mudança de 4 pontos para Biden quando se passa de eleitores registrados para prováveis.

Uma pesquisa de outubro do Grinnell College, conduzida por Ann Selzer, constatou semelhantemente que os eleitores de Biden em 2020 tinham 4 pontos a mais de probabilidade de dizer que votariam com certeza do que os eleitores de Trump em 2020.

Essa seria uma grande mudança em relação ao que historicamente se via. Normalmente, os republicanos ganham cerca de 2 pontos quando passam de eleitores registrados para prováveis eleitores.

É possível que os dados da pesquisa recente sejam apenas ruídos estatísticos. A pesquisa de 2024 faz sentido, no entanto, no contexto das duas eleições recentes e das coalizões que estão sendo formadas por Biden e Trump antes de uma possível revanche.

Os democratas gostam de ressaltar que se saíram muito bem em eleições especiais no último ano. De fato, os candidatos democratas estão se saindo cerca de 4 pontos melhor em eleições especiais legislativas estaduais e federais em 2023 do que Biden se saiu nesses mesmos distritos em 2020.

Essas eleições especiais, entretanto, geralmente têm menor participação. O controle da câmara baixa (Câmara dos Deputados) e da câmara alta (Senado estadual) do estado estava em jogo, na comparação dessas eleições especiais com as eleições regulares para o legislativo estadual da Virgínia, realizadas no início de novembro. E embora os democratas tenham conquistado o controle de ambos, a Virgínia também é um estado que Biden venceu por 10 pontos em 2020.

Os democratas venceram os republicanos por menos de 2 pontos no voto popular para ambas as casas. Isso é mais de 8 pontos pior do que Biden fez na Virgínia em 2020.

Da mesma forma, os republicanos ganharam o voto popular da Câmara por cerca de 3 pontos nas eleições de 2022. Uma mudança de 6 pontos em relação ao voto popular da Câmara em 2020, quando os democratas venceram por cerca de 3 pontos. As eleições intermediárias têm um comparecimento muito maior do que as eleições especiais.

O questionamento que fica é porque os republicanos estão se saindo melhor quando a participação é maior. Do ponto de vista das questões, muitos democratas continuam incomodados com a derrubada do caso Roe v. Wade em 2022. Foi a partir desse momento que foi possível ver democratas se saírem melhor em eleições especiais.

Esse pode ser o motivo pelo qual há evidências que sugerem que os eleitores de Biden têm maior probabilidade de comparecer do que os eleitores de Trump na era atual, mesmo ao considerar a demografia.

Além disso, ocorreram grandes mudanças nas alianças políticas nos últimos anos. A mais óbvia é que a base democrata está mais dependente do que nunca de eleitores com formação universitária. O comparecimento às urnas e a educação estão altamente correlacionados, pois os eleitores mais instruídos têm maior probabilidade de comparecer às urnas.

Quando os analistas falam que a educação é uma linha divisória no eleitorado, geralmente estamos nos concentrando especificamente nos eleitores brancos. Em primeiro lugar, Trump está obtendo melhores resultados entre os eleitores negros e hispânicos do que há quatro anos. Como grupo, esses eleitores têm menos probabilidade de ter um diploma universitário do que os eleitores brancos.

Em segundo lugar, Trump está se saindo melhor entre os eleitores pretos e pardos sem diploma universitário do que entre os que têm diploma universitário. Biden, por sua vez, está mantendo sua força entre os eleitores brancos com diploma universitário.

Esses fatores combinados estão ampliando a lacuna educacional e fazendo com que Trump tenha um desempenho melhor entre os eleitores que têm menos probabilidade de comparecer às urnas como um grupo.

A outra mudança demográfica em jogo é que houve uma série de pesquisas em que Trump está se saindo desproporcionalmente melhor entre os eleitores jovens do que há quatro anos. Os eleitores mais jovens têm menos probabilidade de comparecer às urnas do que os eleitores mais velhos em todos os grupos demográficos.

Em suma, há muita coisa ainda que não se sabe sobre 2024. Mas ao se considerar as pesquisas como certeiras para o novembro próximo, então muitas das teorias tradicionais sobre como o comparecimento poderia impactar a eleição podem estar erradas.

É apenas mais uma questão para se atentar neste próximo ano que está por vir, um 2024 turbulento.

Créditos: CNN.

O post Trump já tem cerca de 272 delegados e deve vencer eleições primárias, projeta CNN apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Trump já tem cerca de 272 delegados e deve vencer eleições primárias, projeta CNN
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Bolsonaro se reuniu com Temer para alinhar discurso de ato na Paulista, diz site

Daniel Ferreira/Metrópoles Após reunião com Bolsonaro, Temer procurou ministros do STF para afiançar que ex-presidente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *