segunda-feira ,26 fevereiro 2024
Página Inicial / Últimas / Em nota, partido Liberal diz que processou envolvidos em Live que atacou Michelle Bolsonaro e que teme pela vida dela

Em nota, partido Liberal diz que processou envolvidos em Live que atacou Michelle Bolsonaro e que teme pela vida dela

Em um acontecimento sem precedentes que abalou a esfera política brasileira, o PL Mulher – núcleo feminino do partido Liberal – emitiu uma nota de repúdio veemente contra as ameaças direcionadas à sua presidente, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro. O episódio de ameaça teria ocorrido em uma transmissão ao vivo realizada por um canal associado à esquerda brasileira composto por membros do Partido dos Trabalhadores (PT) e de segmentos da extrema-esquerda.

Em uma manifestação de solidariedade, o PL Mulher agradeceu ao público pelo apoio e orações por Michelle Bolsonaro, pedindo conscientemente para evitar dar atenção excessiva aos autores das ameaças, o que poderia potencialmente alimentar suas intenções de ganhos políticos. A nota sugere que esta situação seja entregue às instâncias legais pertinentes.

A nota destaca a gravidade e potenciais implicações das ameaças, que, segundo o PL Mulher, vão além do dano político e jurídico, podendo interferir na integridade física da ex-primeira-dama. A ameaça foi ressaltada como sendo mais preocupante dado o contexto em que o ex-presidente Jair Bolsonaro, marido de Michelle, sobreviveu a uma tentativa de assassinato por um ex-filiado de um partido de esquerda.

O partido interpreta o evento como uma possível incitação a atos criminosos por extremistas de esquerda e um “acordar” de militância contra o que eles percebem como uma “revanche da direita”, destacando em particular um crescimento no engajamento político conservador.

Além das medidas judiciais já tomadas, o PL Mulher reforça a confiança no sistema judiciário do país e na imparcialidade dos juízes brasileiros. Ao mesmo tempo, apesar do ocorrido, reitera sua dedicação à liberdade de expressão e ao marco legal já existente, que considera suficiente para lidar com tais abusos, refutando a necessidade de novas leis, especialmente as que poderiam, segundo o PL, reprimir a liberdade de expressão na internet.

Veja a nota do PL Mulher

O post Em nota, partido Liberal diz que processou envolvidos em Live que atacou Michelle Bolsonaro e que teme pela vida dela apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Em nota, partido Liberal diz que processou envolvidos em Live que atacou Michelle Bolsonaro e que teme pela vida dela
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Bolsonaro se reuniu com Temer para alinhar discurso de ato na Paulista, diz site

Daniel Ferreira/Metrópoles Após reunião com Bolsonaro, Temer procurou ministros do STF para afiançar que ex-presidente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *