segunda-feira ,26 fevereiro 2024
Página Inicial / Últimas / Bilionário brasileiro que pediu pra pagar imposto maior é ligado ao MST

Bilionário brasileiro que pediu pra pagar imposto maior é ligado ao MST

Foto: Divulgação 

Um grupo de cerca de 250 bilionários e milionários pediu oficialmente para pagar mais impostos. Uma carta aberta, divulgada nesta quarta-feira, exige que a elite política global, reunida nesta semana no Fórum Econômico Mundial de Davos, aumente os impostos sobre grandes fortunas. O objetivo é combater as desigualdades e possibilitar melhoras nos serviços públicos. Dentre os nomes que assinaram o documento, está o único brasileiro na lista, João Paulo Pacifico, fundador do grupo de investimentos Gaia.

Além de empresário, Pacifico, de 45 anos, atua como escritor, ativista e conselheiro do Greenpeace. Autor dos livros “Onda Azul” e “Seja Líder Como o Mundo Precisa”, ele foi apresentador de programas na Rádio Globo, assinou colunas e escreveu artigos sobre bem-estar corporativo. Atualmente, ele investe em projetos sociais e colabora com as cooperativas do Movimento dos Sem Terra (MST).

Em 2009, Pacifico fundou o Grupo Gaia, uma empresa de investimentos. Através dela, inseriu cooperativas agrícolas ligadas ao MST no mercado financeiro. No entanto, em 2022, a Gaia foi doada para uma ONG, que reverteu o valor em projetos de impacto social, como a criação de moradias populares. Com a doação, a empresa continuou existindo no mesmo modelo, mas os sócios deixaram o cargo e seguiram na companhia como funcionários.

— Não adianta eu querer reduzir a desigualdade social e continuar acumulando recursos —, disse ele em entrevista ao Valor Econômico na ocasião. — Quero combater o vício em dinheiro que existe no mercado financeiro.

João Paulo Pacífico começou a trabalhar no mercado financeiro há mais de 20 anos, logo após sair da faculdade de engenharia. Em entrevista ao GLOBO, em 2021, ele conta que a Gaia chegou a ser pressionada por representantes do agronegócio contrários para abandonar os projetos relacionados ao MST.

A favor da taxação

Estre os multimilionários, nascidos em 17 países, que assinaram a carta, estão a herdeira do império Disney, Abigail Disney, o ator e roteirista Simon Pegg, Valerie Rockefeller, herdeira da dinastia de sua família, Ise Bosch, neta do industrial alemão Robert Bosch e o músico e compositor Brian Eno, além do ator da série Succession, Brian Cox.

“Estamos surpresos que vocês fracassaram em responder a uma simples pergunta que estivemos fazendo durante três anos: quando vocês vão taxar a riqueza extrema? Se os representantes eleitos nas principais economias do mundo não adotarem medidas para lidar com o aumento dramático da desigualdade econômica, as consequências continuarão a ser catastróficas para a sociedade”, afirma a carta aberta aos líderes mundiais.

O grupo quer entregar a carta intitulada, “Proud to pay” — em tradução, “Orgulhosos em pagar” — diretamente aos líderes mundiais reunidos em Davos.

“Nós somos as pessoas que investem em startups, moldam os mercados de ações, fazem os negócios crescerem e fomentam o crescimento econômico sustentável. Somos os que mais se beneficiam do status quo. Mas a desigualdade atingiu um ponto de inflexão, e os custos dos riscos à nossa estabilidade econômica, social e ecológica são graves, e aumentam a cada dia. Em suma, precisamos de ação já”, diz um trecho do documento.

“Nosso pedido é simples. Nós, os muito ricos em nossa sociedade, queremos ser taxados por vocês. Isso não vai alterar fundamentalmente o nosso padrão de vida, tampouco prejudicar nossas crianças ou afetar as economias de nossas nações. Irá transformar a riqueza extrema e improdutiva em investimento em nosso futuro democrático comum”, diz a carta.

O post Bilionário brasileiro que pediu pra pagar imposto maior é ligado ao MST apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Bilionário brasileiro que pediu pra pagar imposto maior é ligado ao MST
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Bolsonaro se reuniu com Temer para alinhar discurso de ato na Paulista, diz site

Daniel Ferreira/Metrópoles Após reunião com Bolsonaro, Temer procurou ministros do STF para afiançar que ex-presidente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *