Página Inicial / Últimas / Príncipes Harry e Andrew são vetados de substituir Rei Charles III em caso de incapacidade; saiba por quê

Príncipes Harry e Andrew são vetados de substituir Rei Charles III em caso de incapacidade; saiba por quê

Getty Images

Chefe de estado britânico comparecerá ao hospital na próxima semana para tratar um aumento da próstata

Os príncipes Andrew e Harry, que renunciaram aos seus deveres como membros da família real britânica, não podem assumir o papel de conselheiros de Estado para substituir o rei Charles III em caso de incapacidade. O veto foi estabelecido pela Coroa em 2022 e revelado nesta sexta-feira pelo The Times, num momento em que o monarca britânico e sua nora Kate Middleton enfrentam problemas de saúde. 

O afastamento dos dois — e do príncipe William, que tem prestado suporte à mulher — suscitou dúvidas na opinião pública sobre quem poderia substituí-los no cumprimento dos deveres da realeza. 

O rei Charles III irá a um hospital na próxima semana para uma intervenção a um problema “benigno” da próstata, enquanto Kate Middleton se recupera de uma cirurgia “abdominal”. A princesa de Gales ficará internada durante duas semanas e não retomará a agenda real pelo menos até a Páscoa. 

Um conselheiro de estado, de acordo com as leis da monarquia britânica, é um membro da família real a quem o soberano pode delegar algumas das suas funções em caso de doença ou viagem ao estrangeiro. 

Kate Middleton e rei Charles III — Foto: Getty Images
Kate Middleton e rei Charles III — Foto: Getty Images

Os cinco conselheiros seriam a rainha Camila e os quatro primeiros membros da família real maiores de 21 anos, na ordem de sucessão ao trono: os dois filhos do rei, William e Harry, bem como o príncipe Andrew e sua filha mais velha, Beatrice. 

“O Palácio de Buckingham tomou discretamente medidas para evitar que os príncipes Andrew e Harry atuassem como substitutos do rei. O primeiro renunciou aos deveres reais em novembro de 2019, enquanto o último abandonou seu papel real em 2020 para se mudar para os Estados Unidos”, afirma The Times. “Ambos continuam a ser conselheiros de Estado, mas o rei tomou discretamente medidas para os marginalizar, numa decisão tomada pouco depois de ascender ao trono”, acrescenta o jornal. 

Harry e sua mulher, Meghan Markle, decidiram deixar a família real em 2020 e se estabelecerem nos Estados Unidos. Por sua vez, o príncipe Andrew também renunciou aos deveres reais devido aos seus laços com o falecido empresário americano Jeffrey Epstein, pivô de um escândalo de exploração sexual de menores de idade. 

De acordo com uma lei aprovada pelo Parlamento britânico em novembro de 2022, “apenas membros ativos” podem atuar como conselheiros de Estado, embora os membros não ativos mantenham este título. 

Nesta lei aprovada no final de 2022, Charles III decidiu atribuir a função de conselheiro de Estado aos seus outros dois irmãos, a princesa Anne e o príncipe Edward. 

Seja como for, o Palácio de Buckingham anunciou que o rei não precisará convocar os seus conselheiros de estado na próxima semana, quando for submetido a tratamento na próstata.

O post Príncipes Harry e Andrew são vetados de substituir Rei Charles III em caso de incapacidade; saiba por quê apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Príncipes Harry e Andrew são vetados de substituir Rei Charles III em caso de incapacidade; saiba por quê
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Campos Neto diz que está disposto a debater PEC com governo Lula

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, demonstrou abertura para negociar com o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *