Página Inicial / Últimas / Novo escândalo envolve a primeira-dama da Coreia do Sul

Novo escândalo envolve a primeira-dama da Coreia do Sul

foto: Reprodução

Kim Keon Hee foi filmada recebendo uma bolsa Dior avaliada agora em US$ 2.250, mas nega as acusações

O recente escândalo envolvendo a primeira-dama da Coreia do Sul, Kim Keon Hee, e uma bolsa Dior, tem potencial de tirar ainda mais votos do partido do presidente Yoon Suk Yeol nas próximas eleições.

O vídeo, mostrando Kim recebendo a bolsa sob circunstâncias ainda não explicadas de maneira convincente, foi gravado secretamente por Choi Jae-young, um pastor coreano-americano, e divulgado pelo canal de mídia Voice of Seoul News em novembro.

Han Dong-hoon, líder interino do PPP, partido do presidente e protegido de Yoon, expressou preocupações públicas sobre o caso, e mais tarde, rejeitou um pedido do gabinete do presidente para renunciar. Pesquisas de opinião indicam que 70% dos sul-coreanos desejam que Yoon aborde a questão.

O vídeo mostra Choi comprando a bolsa Dior e entregando-a a Kim em seu escritório. A primeira-dama respondeu: “Não continue fazendo isso” e “Nunca compre algo tão caro”. O escritório do presidente confirmou o recebimento da bolsa, alegando que está sendo gerenciada como propriedade do governo.

A lei anti-corrupção da Coreia do Sul proíbe funcionários públicos e seus cônjuges de receberem presentes acima de 1 milhão de won ($750) por ocasião ou 3 milhões de won por ano. A bolsa foi recentemente avaliada em US$ 2.250. Choi, que gravou o vídeo com uma câmera escondida, admitiu ter planejado a troca para expor o suposto abuso de poder de Kim. Defensores do PPP sugerem que a primeira-dama foi vítima de uma armadilha.

A primeira-dama Kim Keon Hee encontra-se no centro de múltiplas controvérsias que envolvem tráfico de influência, e a percepção pública sobre sua conduta pode ter implicações significativas para o futuro político do presidente Yoon Suk Yeol e o Partido do Poder Popular (PPP). No país, ela foi apelidada de “Maria Antonieta” por conta dos escândalos.

Para o Brasil, cada vez mais encantado com o K-Pop e as séries sul-coreanas, um escândalo nacional por causa de uma bolsa pode, curiosamente, causar ainda mais admiração e espanto. No último ranking de corrupção publicado pela Transparência Internacional em 2022, a Coreia do Sul aparece na 31a posição como o menos corrupto do mundo, enquanto o Brasil amargou a 94a posição entre 180 países analisados.

O Antagonista

O post Novo escândalo envolve a primeira-dama da Coreia do Sul apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Novo escândalo envolve a primeira-dama da Coreia do Sul
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Campos Neto diz que está disposto a debater PEC com governo Lula

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, demonstrou abertura para negociar com o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *