Página Inicial / Últimas / Marajó: Xuxa restringe comentários no Instagram após ser cobrada

Marajó: Xuxa restringe comentários no Instagram após ser cobrada

Xuxa Foto: Andy Santana / AgNews

Apresentadora restringiu o número de usuários que podem deixar mensagens em suas postagens no Instagram

Após ser cobrada em seu perfil no Instagram a se pronunciar sobre os abusos contra crianças na Ilha de Marajó, no Pará, a apresentadora Xuxa Meneghel limitou os comentários em sua página na plataforma. Ao tentar deixar mensagem nas postagens da comunicadora, o usuário encontra o seguinte recado: “Os comentários nesta publicação foram limitados”.

Mensagem presente na postagem de Xuxa Foto: Reprodução/Instagram Xuxa

REPERCUSSÃO SOBRE MARAJÓ
As denúncias de exploração infantil na região da Ilha do Marajó, no Pará, voltaram a gerar grande repercussão após a cantora Aymeê Rocha apresentar a canção Evangelho dos Fariseus, no Dom Reality, um talent show de música gospel. Depois que a apresentação viralizou nas redes, inúmeros artistas se pronunciaram na internet sobre o que ocorre na ilha paraense.

As cobranças sobre Xuxa, por sua vez, decorrem do fato de ela ter endossado e divulgado, em outubro de 2022, um abaixo-assinado que pedia a cassação da senadora Damares Alves (Republicanos-DF), que tinha acabado de ser eleita e sequer tinha tomado posse no Senado.

Na época, Damares denunciou os abusos que aconteciam na região do Marajó. A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos disse que, durante sua gestão, foi descoberto que crianças entre 3 e 4 anos de idade estavam sendo traficadas para outros países a partir da ilha paraense e que elas chegavam a ter os dentes arrancados para que praticassem sexo oral nos abusadores.

– Nós temos imagens de crianças nossas, brasileiras, de 4 anos, 3 anos, que quando cruzam as fronteiras, sequestradas, os seus dentinhos são arrancados para elas não morderem na hora do sexo oral – denunciou Damares no púlpito da Assembleia de Deus Ministério Fama, em Goiânia (GO), no dia 8 de outubro de 2022.

Xuxa não tardou em compartilhar em suas redes, três dias depois da fala de Damares, um abaixo-assinado que tinha como título a frase “Cassação Damares Alves antes da posse”. No texto, a petição acusava a hoje senadora de ter mentido ou prevaricado em sua denúncia.

Com a repercussão sobre Marajó em razão da apresentação musical de Aymeê Rocha,no Dom Reality, internautas passaram a cobrar de Xuxa um posicionamento sobre a questão, especialmente após diversos outros artistas como a influenciadora Rafa Kalimann, a atriz Thaila Ayala e o cantor MC Daniel se pronunciarem sobre a situação na ilha paraense.

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG), por exemplo, questionou se Xuxa pediria desculpas a Damares após a volta da repercussão das denúncias e pediu aos internautas que cobrassem a apresentadora.

– A Xuxa, além de não apoiar, pediu a cassação da Damares. E agora, vamos pedir do pessoal, vai no Twitter ou na conta da Xuxa, e escreve assim: “cadê você Xuxa”. Pronto, só isso. Vamos ver se ela vai ter coragem agora de aparecer e pedir desculpa para a Damares – disse.

A reação foi imediata e muitos internautas comentaram no perfil da apresentadora no Instagram exigindo que ela se pronuncie sobre Marajó.

Pleno News

O post Marajó: Xuxa restringe comentários no Instagram após ser cobrada apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Marajó: Xuxa restringe comentários no Instagram após ser cobrada
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Avança no Congresso projeto que tira sigilo dos dados de pedófilos

Marcello Casal/Agência Brasil) Projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *