Página Inicial / Últimas / Gleisi Hoffmann afirma ter sido alvo de ataques de membro do MBL em aeroporto

Gleisi Hoffmann afirma ter sido alvo de ataques de membro do MBL em aeroporto

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), relatou ter sido alvo de ataques por parte de um influenciador ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL) durante seu desembarque no Aeroporto Internacional de Natal, na última sexta-feira (15).

Durante o ocorrido, o deputado federal Fernando Mineiro (PT-RN), que acompanhava Gleisi em sua agenda, reagiu ao que chamou de “agressões” e “ataques misóginos” dirigidos à parlamentar.

Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram Mineiro dando um tapa no celular de uma pessoa que estava com o influenciador Matheus Faustino, pré-candidato a vereador em Natal.

Segundo relatos de Gleisi, a Polícia Federal foi acionada para investigar o incidente, e a presidente do PT afirmou que tomará as medidas judiciais cabíveis.

Matheus Faustino, membro do MBL, publicou imagens em que aguardava a chegada da deputada no aeroporto da capital potiguar. Ele questionou Gleisi sobre o número de feminicídios no país e mencionou seu envolvimento na Lava Jato, referindo-se a ela como a “primeira senadora ré na Lava Jato”, embora ela tenha sido absolvida pelo STF em 2018. Gleisi respondeu chamando-o de “idiota”.

As imagens divulgadas por Faustino mostram apenas a confusão com Fernando Mineiro. O deputado reagiu após o influenciador gravar as falas de Gleisi, dando um tapa no celular da pessoa que o filmava e, em seguida, puxando o braço do membro do MBL e levando-o ao chão.

Ao g1, Fernando Mineiro afirmou ter reagido “diante das agressões” contra Gleisi, que teria sido “vítima de ataques misóginos”. Ele justificou sua ação como uma tentativa de “afastá-los”.

Em vídeo nas redes sociais, Matheus Faustino negou ter agredido Gleisi Hoffmann e afirmou que não foi agressivo durante o incidente, ressaltando que a Polícia Militar e a Polícia Federal estavam presentes no local.

O deputado federal Kim Kataguiri (União Brasil-SP), fundador do MBL, anunciou que acionará o Conselho de Ética da Câmara para apurar uma possível quebra de decoro parlamentar cometida por Fernando Mineiro. O Conselho poderá deliberar sobre possíveis punições, que vão desde censura verbal ou escrita até a perda do mandato.

Com informações do g1.

O post Gleisi Hoffmann afirma ter sido alvo de ataques de membro do MBL em aeroporto apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Gleisi Hoffmann afirma ter sido alvo de ataques de membro do MBL em aeroporto
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Comentarista da GloboNews diz que Lula tem elogiado atuação de Pacheco e que quer fazer ele governador de Minas; VEJA VÍDEO

Em uma reunião de emergência com a equipe política do governo na última sexta-feira (19), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *