Página Inicial / Últimas / Moro diz que não houve justificativa para barrar cidadão português no Brasil

Moro diz que não houve justificativa para barrar cidadão português no Brasil

foto: Waldemir Barreto

O senador Sérgio Moro (União-PR), em pronunciamento no Plenário nesta terça-feira (19), destacou audiência realizada mais cedo na Comissão de Segurança Pública (CSP). Na reunião, foi ouvido o diretor de Polícia Administrativa da Polícia Federal (PF), Rodrigo de Melo Teixeira, sobre o caso da retenção do cidadão português Sérgio Tavares no aeroporto de Guarulhos, no dia 25 de fevereiro.

O parlamentar afirmou que, durante o questionamento, ficou evidente que não havia justificativa “razoável” para a ação. Ele ressaltou a importância do respeito à liberdade de imprensa e expressão, e considerou que “é inaceitável utilizar a Polícia Federal com motivações políticas”.

— A gente disse muito claramente que a gente respeita a Polícia Federal como instituição e respeita esse agente da Polícia como indivíduo. Mas esse ato da Polícia Federal foi arbitrário […]. É claro que as autoridades de fronteira têm uma ampla discricionariedade para impedir o ingresso de estrangeiros no país ou para ouvir, pedir documentos e pedir esclarecimentos, mas não pode fazê-lo por motivos meramente políticos — disse Moro.

O senador comparou o episódio com um caso, do jornalista norte-americano Larry Rohter, que teve o visto suspenso após a publicação de uma reportagem que desagradou ao Palácio do Planalto, ao expor um suposto abuso no consumo de bebidas alcoólicas por parte do então presidente Luís Inácio Lula da Silva. Moro alertou que o comportamento sobre o português Sérgio Tavares também configura abuso de autoridade e prevaricação, e defendeu uma mudança nos procedimentos da PF para garantir que casos semelhantes não voltem a ocorrer.

— Espero que a Polícia Federal retome o bom caminho de fazer o controle aeroportuário de fronteiras, especificamente para impedir a entrada de criminosos de verdade, [como] contrabandistas de armas. São essas pessoas que não queremos no Brasil. E não estrangeiros que vêm aqui a turismo ou simplesmente realizar o seu trabalho sem oferecer qualquer ameaça à nossa população — concluiu.

Fonte: Agência Senado

O post Moro diz que não houve justificativa para barrar cidadão português no Brasil apareceu primeiro em Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Moro diz que não houve justificativa para barrar cidadão português no Brasil
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Comentarista da GloboNews diz que Lula tem elogiado atuação de Pacheco e que quer fazer ele governador de Minas; VEJA VÍDEO

Em uma reunião de emergência com a equipe política do governo na última sexta-feira (19), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *