Página Inicial / Últimas / Censura: Eduardo Bolsonaro é suspenso do Facebook

Censura: Eduardo Bolsonaro é suspenso do Facebook

O Facebook puniu o perfil do deputado federal Eduardo Bolsonaro após compartilhamento de um vídeo em que seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que Tribunal de Contas da União (TCU) questionava o número de mortes por Covid-19

O deputado possui 2,9 milhões de seguidores e foi proibido de fazer publicações e comentários por 7 dias na rede social. Ao bloquear a conta, o Facebook emitiu uma nota dizendo que não permite “informações falsas” que possam causar danos físicos, incluindo informações que “organizações de Saúde reconhecidas afirmam poder induzir pessoas a acreditar em formas incorretas de cura ou prevenção de doenças ou que podem desencorajar a procura por tratamento médico”.

Após a punição, o deputado entrou com um pedido na justiça para reverter as restrições aplicadas em sua conta. A defesa do parlamentar argumenta que o vídeo é “mera reprodução dos atos da vida pública” do presidente da República e que o “castigo” foi aplicado sem dar a Eduardo “possibilidade de defesa, cerceando direito alheio de maneira unilateral e autoritária”.

O documento, obtido pela coluna Grande Angular, também diz que “a conduta da ré violou o disposto no artigo 5º, IV e IX, da Constituição Federal, que assegura a livre manifestação do pensamento, a liberdade de expressão, sendo vedada a censura, bem como o inciso LIV do mesmo artigo, que estabelece o direito ao devido processo, aplicável em todas as esferas”.

De acordo com a advogada de Eduardo, Dra. Karina Kufa, a medida tomada pelo Facebook fere a imunidade que os parlamentares possuem para fazer declarações, “já que inequivocamente, as mídias sociais são instrumento de extensão do mandato parlamentar, na medida em que utilizados como canal de comunicação entre o deputado e os cidadãos brasileiros por si representados”.

O pedido para que a restrição fosse retirada em um prazo de 12 horas, além de não impor novas limitações ou “ameaças de suspensão da página de forma injustificada”, foi negado pelo juiz Caio Brucoli Sembongi, da 17ª Vara Cível de Brasília, na tarde desta segunda-feira (14). Para o juiz, a imunidade citada pela defesa do deputado “somente tem lugar quando é exercida com relação a manifestações feitas em razão do exercício do mandato, mas não tem essa extensibilidade fora da atuação parlamentar”.

The post Censura: Eduardo Bolsonaro é suspenso do Facebook appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Censura: Eduardo Bolsonaro é suspenso do Facebook
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

MPE alerta Arthur Lira sobre inconstitucionalidade na reforma eleitoral

Vice-procurador eleitoral, Paulo Gustavo Gonet Branco afirmou que texto poderá ser questionado na Justiça caso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *