Página Inicial / Últimas / Bolsonaro: ‘O que querem é a volta da impunidade e da corrupção’

Bolsonaro: ‘O que querem é a volta da impunidade e da corrupção’

Em cerimônia sobre a MP que abre caminho para privatização da Eletrobras, presidente lembrou da corrupção nos governos do PT

O presidente Jair Bolsonaro adotou um forte tom político em seu pronunciamento na solenidade desta terça-feira, 13, pela sanção da medida provisória (MP) que abre caminho para a privatização da Eletrobras, é o que diz a matéria da Revista Oeste.

No discurso, Bolsonaro comparou a situação atual das estatais com a série de casos de corrupção registrados nos governos petistas de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e Dilma Rousseff (2011-2016).

“Fui aprendendo, com o tempo, a como votar nas questões econômicas. É muito simples: é só ver como o PT encaminhar e votar o contrário. É simples demais”, ironizou o presidente.

“Nos Correios, em 2004, começou a corrupção do mensalão. Ali começou a se desvendar como a esquerda agia no Brasil”, prosseguiu Bolsonaro. “E tem gente que quer que essa turma volte para o governo.”

O presidente citou o lucro registrado pelas empresas estatais nos primeiros anos de seu governo, em comparação com o prejuízo das administrações do PT.

“Em 2015, as estatais deram prejuízo de R$ 34 bilhões. Em 2019, deram lucro de R$ 109 bilhões. Uma diferença de R$ 143 bilhões. Aquelas eram as estatais administradas pela esquerda. Por isso, a reação quando se quer privatizar uma empresa no Brasil”, afirmou. “A nossa capacidade de investimento vem diminuindo. E o nosso sistema não pode colapsar. O Brasil vai se tornar cada vez mais um país menos inchado.”

O ex-secretário de Desestatização Salim Mattar se manifestou hoje no Twitter a respeito do veto do presidente sobre a obrigação do governo em aproveitar, por um ano, funcionários demitidos da empresa:

O jabuti caiu do galho!

Presidente Bolsonaro vetou emenda no projeto da Eletrobras que previa o reaproveitamento na administração pública dos funcionários demitidos até 1 ano após a capitalização afastando grave precedente nos futuros processos de privatização.

— Salim Mattar (@salimmattarBR) July 13, 2021

Acusações de corrupção no governo

Bolsonaro aproveitou o discurso para se defender das acusações de que teria havido corrupção no atual governo no processo de compra de vacinas contra a covid-19.

“O desespero é tanto que me acusam de corrupção por algo que não foi comprado, que não foi pago. O que querem é a volta da impunidade e da corrupção”, afirmou.

The post Bolsonaro: ‘O que querem é a volta da impunidade e da corrupção’ appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Bolsonaro: ‘O que querem é a volta da impunidade e da corrupção’
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

OAB/RN terá candidato opositor à Filipe Santa Cruz: “Não teremos política dentro da ordem no RN, a OAB será para todos os advogados”

O atual Conselheiro Federal, Fernando Pinto, que é conhecido como maior adversário de Felipe Santa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *