Página Inicial / Últimas / Em audiência pública, Coronel Azevedo debate prisão de Roberto Jefferson na Assembleia Legislativa

Em audiência pública, Coronel Azevedo debate prisão de Roberto Jefferson na Assembleia Legislativa

Proposta pelo deputado estadual Coronel Azevedo (PSC), a audiência pública realizada nesta segunda-feira (13) para tratar a respeito da prisão do presidente nacional do PTB, ex-deputado federal Roberto Jefferson, mobilizou representantes da área jurídica, partidos políticos e da sociedade civil com objetivo de discutir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na opinião do Coronel Azevedo, trazer este debate à Casa do Povo é muito importante para que isso seja analisado e esclarecido para a sociedade. Ele comentou das “narrativas criativas usadas para fazer o impensável por algumas pessoas que integram o judiciário. É o que chamam de militância judicial”.

Ex-deputada federal e filha de Roberto Jefferson, Cristiane Brasil participou da audiência pública e criticou que “os direitos são tomados por pessoas que juraram defendê-los [em referência aos integrantes do judiciário]. Você pode criticar, mas ele tem o direito de dizer o que pensa. Meu pai não vai ser calado”, frisou.

Ainda segundo ela, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, “não pode sair impune”. Cristiane Brasil mostrou preocupação com o pai e alertou que ele tem saúde fragilizada. “Não sei o que vai acontecer”, comentou.

Participante da audiência, o advogado Paulo Lopo Saraiva se colocou à disposição para defender o ex-deputado federal. “Quero ajudar na defesa de Roberto Jefferson. Temos que bater na derradeira porta”, disse.

Coronel Azevedo afirmou que “a prisão de Roberto Jefferson é um absurdo” e lembrou que no 7 de setembro aconteceu a “maior manifestação popular em defesa da liberdade e em apoio de um presidente da República”.

Para o deputado federal General Girão, há uma insatisfação total contra a existência de presos políticos no Brasil. “Temos que ter liberdade, que é o princípio básico da democracia”, declarou.

Já o deputado estadual Coronel Feitosa (PSC), de Pernambuco, questionou o que motivou a prisão do presidente nacional do PTB por parte do Supremo e alertou para o perigo que decisões como essa podem ser repercutidas em outros estados brasileiros.

Durante a audiência pública, o procurador da República aposentado Edilson França fez duras críticas. “Estamos silentes demais. Nós ficamos muito submissos ao STF. O Ministério Público está com funções limitadas”, disse.

A fala do procurador foi corroborada pelo presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) em Pernambuco, Coronel Meira. “O Brasil está refém da ditadura da toga”, assegurou.

À frente da presidência do PTB no RN, Getúlio Batista, ressaltou a defesa pela liberdade de Roberto Jefferson. “Essa é a minha bandeira”, disse.

O ex-vereador Cícero Martins alertou que o que tem sido feito pela Suprema Corte são “atos ilegais e imorais”.

Exilado no México, o jornalista Oswaldo Eustáquio relatou que está fora do país após prisões decretadas pelo ministro Alexandre de Moraes. “Minha missão é revelar ao mundo que, no Brasil, existem 13 presos políticos”, assegurou.

Ainda em sua fala, Eustáquio afirmou que Roberto Jefferson “hoje é um mártir” e classificou as decisões do Supremo Tribunal Federal como “atos ditatoriais”.

O jornalista acredita que, nos próximos 15 dias, saia a liberdade de Roberto Jefferson, do deputado federal Daniel Silveira, e o Habeas Corpus de Zé Trovão. “Todos vamos celebrar a liberdade de toda uma nação, de expressão de toda uma nação”, comentou.

O advogado e jornalista Júnior Melo, do site Terra Brasil Notícias, afirmou que, depois do presidente Bolsonaro chegar à Presidência, “não existe mais propinagem no Brasil”.

Também participaram da audiência pública a advogada Lenice Moura; o cantor e compositor Emerson Rui, conhecido como Mito Show; o pastor Rubens; e a advogada Luciana Monteiro.

The post Em audiência pública, Coronel Azevedo debate prisão de Roberto Jefferson na Assembleia Legislativa appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Em audiência pública, Coronel Azevedo debate prisão de Roberto Jefferson na Assembleia Legislativa
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

MPE alerta Arthur Lira sobre inconstitucionalidade na reforma eleitoral

Vice-procurador eleitoral, Paulo Gustavo Gonet Branco afirmou que texto poderá ser questionado na Justiça caso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *