Página Inicial / Últimas / Traíragem em dose dupla

Traíragem em dose dupla

Sérgio Moro ficou conhecido no Brasil como traidor e aproveitador, primeiro se catapultou nacionalmente com a operação lava-jato, conseguiu uma vaga de Ministro no governo Bolsonaro, nas reuniões não falava, não atendia a pedidos do presidente e sabotava o governo, durante a pandemia não combateu os abusos de governadores e prefeitos e saiu do governo da pior forma possível, além disso, desvirtuou uma conversa com a então sua amiga, Carla Zambelli, essa pecha vai ser difícil de apagar.

Para acabar de completar, se uniu a outro “traíra”, alguns chamam ele de general Comunista, General Santos Cruz hoje é mal visto pelo Brasil e pela tropa a qual serviu, foi ministro de Bolsonaro mas nunca deixou sua proximidade com a esquerda. Moto se reuniu há pouco com o ex-ministro da Secretaria de Governo Santos Cruz no Rio de Janeiro. No Twitter, o ex-juiz publicou um vídeo gravado após o encontro, que também contou com a participação da juíza Denise Frossard.

Junior Melo (advogado e jornalista)

The post Traíragem em dose dupla appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Traíragem em dose dupla
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Diretor de entidade: vitória de Lula ajudaria a levar o continente ao precipício

Eleições no Brasil e na Colômbia em 2022 podem reconstruir hegemonia da esquerda na América …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *