Página Inicial / Últimas / Justiça Eleitoral intima Sergio Moro a explicar domicílio eleitoral em SP

Justiça Eleitoral intima Sergio Moro a explicar domicílio eleitoral em SP

Como relevou reportagem do GLOBO, ex-juiz virou alvo de Procuradoria Eleitoral por denúncia que aponta falta de vínculo dele e de sua mulher com a cidade

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) foi intimado pela Justiça Eleitoral a justificar a transferência de seu domicílio eleitoral para São Paulo. A medida ocorre após o deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) e o diretório municipal do PT em São Paulo ajuizarem ação solicitando o cancelamento da transferência de Moro para a capital paulista.

No despacho, o juiz eleitoral Dimitrios Zarvos Varellis concede um prazo de até dez dias para Moro apresentar sua defesa. 

No pedido, os petistas argumentam que o ex-ministro do governo Jair Bolsonaro (PL) não possui vínculo profissional em São Paulo e ainda teria apresentado o endereço de um hotel para comprovar vínculo residencial.

A peça, protocolada na última quinta-feira, sustenta que Moro foi indicado a vice-presidente de um órgão de direção partidária do estado do Paraná dois meses antes de requerer a transferência para São Paulo.

A ação também lembra que a defesa do ex-juiz disse à imprensa, por meio de nota, que São Paulo era o “hub” de Moro.

— Como estratégia, entramos com a ação no momento correto, no último minuto do prazo, e não é só com a ação, mas solicitando um conjunto de investigações que reforçam que São Paulo não é o domicílio do caixeiro viajante Moro — afirmou Padilha.

Em nota, Moro disse que transferiu seu domicílio eleitoral no prazo legal, como permite a legislação eleitoral e é direito de qualquer cidadão.

“Minha base de atuação e de domicílio eleitoral tem sido SP desde meu retorno dos Estados Unidos no final de 2021. Resido, aliás, em SP. Tenho ainda diversos laços com São Paulo, entre eles o fato de ter recebido a maior honraria do Estado de SP, a Grã Cruz da Ordem do Ipiranga, em seu grau mais elevado, e que só é concedida aos cidadãos que “se houverem distinguido por serviços de excepcional relevância prestados ao Estado de São Paulo e seu povo”. Como o PT tem medo de perder nas urnas, recorre a chicanas eleitorais. Apresentarei minha defesa aguardando que a decisão siga o entendimento predominante da justiça eleitoral há décadas”, afirmou o ex-juiz, por meio de sua assessoria de imprensa.

A Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo (PRE-SP) encaminhou ao Ministério Público Eleitoral do estado uma notícia-crime contra o ex-juiz e sua mulher, Rosângela Moro, por suposta prática de crime eleitoral na transferência de seus domicílios eleitorais para São Paulo.

Desde março, Moro passou a morar com sua mulher em um flat na Zona Sul, endereço que incluiu no cadastro junto à Justiça Eleitoral e onde diz ter um contrato de locação.

Assim como a denúncia de Padilha e do diretório do PT, a ação da empresária Roberta Luchsinger acusa Moro e Rosângela de mudarem o domicílio sem ter “qualquer vínculo” com São Paulo. Os dois se filiaram recentemente ao União Brasil e cogitam ser candidatos à Câmara dos Deputados ou ao Senado Federal pelo estado.

Hoje, para fazer a troca de domicílio, a legislação exige residência de ao menos três meses no novo local. Porém, uma jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estabelece que o domicílio eleitoral também ocorre pela constituição de “vínculos políticos, econômicos, sociais ou familiares”.

The post Justiça Eleitoral intima Sergio Moro a explicar domicílio eleitoral em SP appeared first on Terra Brasil Notícias.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Justiça Eleitoral intima Sergio Moro a explicar domicílio eleitoral em SP
FONTE: Terra Brasil

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do GAZETA DE RONDÔNIA.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: contato@gazetaderondonialcom.br ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

EUA acusam Cuba de usar cúpula como propaganda 

O governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, acusou Cuba de criar polêmica sobre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *